Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Saúde

todas as notíciasseta

Mania de remédio: ‘cortina de fumaça’ para doenças

O problema agora é chamado de transtorno de ansiedade de doenças - trata-se da preocupação exagerada com a saúde, a certeza de sofrer com uma doença grave, mesmo que médicos e exames digam o contrário


10/11/2019 às 01:27h

Mania de remédio: ‘cortina de fumaça’ para doenças
Crédito: Jessika Moura/FE

Embora muita gente confunda, hipocondria é muito mais do que uma “mania de tomar remédio”. Aliás, os especialistas evitam usar o nome hipocondria, entre outros motivos, para evitar a confusão. O problema agora é chamado de transtorno de ansiedade de doenças - trata-se da preocupação exagerada com a saúde, a certeza de sofrer com uma doença grave, mesmo que médicos e exames digam o contrário.


Segundo a farmacêutica Adla Gabriela Ferreira, a doença pode acabar acarretando em outras doenças. “É quando o paciente acaba fazendo o uso desacelerado de medicamentos, muitas vezes sem necessidade, o que pode acarretar vários problemas como a interação medicamentosa, reações alérgicas, pode levar a internações”, explica.


Adla conta que a Hipocondria dele ser tratada como doença sim e que ela dele receber a devida atenção. “A Hipocondria deve ser tratada, é importante frisar porque muitas vezes as pessoas não tem sintomas, através da ajuda de um psicólogo e/ou psiquiatra, mas tem que ser dada a devida atenção”, diz.


Os principais sintomas para a doença são: quando percebe que a pessoa tem vários medicamentos em casa, faz uso diariamente, não procura um médico para se receitar. Os riscos disso é intoxicação, como o principal, reações alérgicas, dependência, além da criação de resistência das bactérias a determinados remédios.


Como em quase todo o transtorno ansioso, este começa devagar e, aos poucos, vai tomando conta da vida da pessoa. Como a ansiedade é um sentimento considerado normal, a pessoa não se dá conta quando ela ultrapassa o limite do normalidade. Vale lembrar que transtorno de ansiedade de doenças pode, ou não, ter ligação com a depressão.


Quem sofre com o transtorno, aos poucos, vai perdendo o parâmetro. Quando a pessoa começa a levar muito tempo fazendo exames, consultas, tomando remédios de maneira exagerada - e muitas vezes sofrendo os efeitos colaterais dos remédios desnecessariamente -, quando essa preocupação provoca sofrimento excessivo, não deixando a pessoa se concentrar, e quando acaba tendo um prejuízo em função dos sintomas, já passou da hora de buscar ajuda.


TRATAMENTO


Uma pessoa é considerada hipocondríaca quando acha que tem um problema de saúde grave, procura atendimento médico, mas é detectado que não há nenhuma doença. O tratamento básico para a hipocondria é a psicoterapia. Segundo o psiquiatra Álcio Braz, além do tratamento farmacológico, é necessário que a pessoa entenda que é possível reconhecer e separar seus problemas e difi culdades do que realmente é uma doença que está afetando-a fi sicamente. Ele explica que em casos onde a hipocondria é associada à depressão, também são utilizados antidepressivos ou remédios para ansiedade.


Como em todos os problemas que envolvem a parte psicológica do ser humano, as atividades físicas são importantes para o sucesso do tratamento. “Mudanças de hábitos alimentares, disciplina de horários para comer, para fazer exercícios, para lazer e para dormir são atitudes que podem fazer diferença”, afirma o médico.


Armazenar medicamentos é uma atitude perigosa


Pesquisas relatam que mais de 93% das residências brasileiras possuem, pelo menos, um medicamento guardado em casa. A farmacêutica sinaliza para as preocupações e riscos de se ter medicamentos em casa. “O primeiro problema é a questão da validade; há a questão de armazenamento errado como a cozinha, que é um local com muita fonte de calor, que pode levar o remédio a se desestabilizar; a prescrição antiga que não é indicado, já que pode agravar um sintoma; a indicação de terceiros, que é quando outra pessoa tem o medicamento em casa e indica, isso não é correto e é muito perigoso”, afirmou Gabriela.


A primeira dica para conservação correta dos medicamentos é deixá-los em local seguro, de preferência em um lugar alto, fora do alcance das crianças, idosos e animais domésticos. Outra dica importante é sempre observar, no rótulo e na bula, a temperatura adequada para conservação. Alguns medicamentos, por exemplo, devem ser armazenados em geladeiras. Nesse caso, os medicamentos devem ser colocados na prateleira superior. Não é recomendado deixá-los na porta devido às variações de temperatura.


É importante guardar o medicamento na embalagem original, não remover o rótulo, não deixar o remédio no interior do carro por muito tempo e certificar que os frascos estejam bem fechados; do contrário, há riscos de contaminação ou alteração na composição.


Pia de banheiro ou de cozinha não são locais indicados para guardar remédios, que devem ficar protegidos da luz solar, do calor e da umidade, e sempre longe de fogão ou do micro-ondas.


Checar constantemente o prazo de validade dos remédios armazenados e se não apresentam nenhuma alteração na cor ou consistência garantirá a eficiência do tratamento. As sobras de medicamentos em casa devem ser evitadas e, caso isso ocorra, o descarte deve ser adequado. O descarte de medicamentos no lixo comum ou na rede de esgoto pode trazer sérios problemas para o meio ambiente e contaminar o solo, rios, lagos e oceanos.


Informe-se nas farmácias e unidades básicas de saúde de sua região se elas participam de algum programa de descarte de medicamentos e lembre-se: Evite deixar sobras de medicamentos em casa, formando a chamada “farmácia caseira”. Se precisar manter alguns remédios em casa é preciso checar constantemente a data de validade.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

6ª Copa WH7 - 27/10/2019 - Profissional AO VIVO - Tvgeral.com.br
Publicidade
Academia First
Vilage
PMFS Natal 3
First
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas