Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Artigos

todas as notíciasseta

Oito orientações para aproveitar Black Friday

Uma coisa é certa, agora é a melhor hora para começar a se planejar


10/11/2019 às 12:54h

Oito orientações para aproveitar Black Friday
Crédito: Reprodução

Reinaldo Domingos*

 

Falta mais de um mês para a Black Friday (neste ano será no dia 29 de novembro) e as promoções já começa a aparecer. Nesse contexto uma coisa é certa, agora é a melhor hora para começar a se planejar. Evitando assim problemas como: falsas promoções, compras por impulsos e endividamento.


Assim, a orientação é que diante de tantas oportunidades é preciso ficar atento para não comprometer as finanças e aproveitar esse tempo para fazer uma boa pesquisa em sites e lojas, tendo assim a certeza de que fará um bom negócio, fugindo das compras por impulso, que no futuro poderão trazer dívidas desnecessárias.


Por isso preparei 8 orientações para poder aproveitar as oportunidades da Black Friday sem comprometer o orçamento:


1) Não compre se para isso precisar se endividar. Parcelamento também é uma forma de dívida. Se for inevitável, tenha certeza de que cabe no orçamento.


2) Analise se a compra não trará custos extras para a família ou para a pessoa posteriormente.


3) Se antecipe à Black Friday, pesquisando os preços dos produtos que deseja comprar para ver se os descontos que darão realmente são interessantes.


4) Faça uma lista detalhada de tudo que pretende comprar e quem deseja presentear e quanto pretende gastar com cada um.


5) Se estiver em situação financeira problemática, e quiser adiantar as compras de Natal, uma dica é priorizar as crianças. Será mais fácil explicar para os adultos o jovens o motivo de não receberem presentes.


6) Utilize a internet como meio de pesquisa, mas cuidado, só acesse e compre em sites confiáveis, crimes digitais são cada vez mais comuns.


7) Se prepare para ir às compras nas lojas com tempo e roupas confortáveis, além disso é importante uma dose extra de paciência, evitando que se compre rapidamente para acabar com o martírio.


8) Procure, por meio de conversas, saber quais são os reais desejos das pessoas. Muitas vezes se compra coisas caras, sendo que presentes baratos seriam muito mais bem-vindos.


* Reinaldo Domingos, educador financeiro e presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin).

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

GOVBA 2

TVGeral

Live Rodrigo e Gabbriel EVOLUTION
Publicidade
PMFS
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas