Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Educação

todas as notíciasseta

Programa Mais Estudo inscreve até sexta, 13

O Mais Estudo visa, além de fortalecer o processo de aprendizagem, despertar nos estudantes o interesse pela docência e contribuir com práticas inovadoras de ensino


10/09/2019 às 04:03h

Programa Mais Estudo inscreve até sexta, 13
Crédito: Reprodução

Seguem abertas no Portal da Educação, até a próxima sexta-feira (13), as inscrições para adesão ao programa Mais Estudo. Executada pela Secretaria da Educação do Estado, a iniciativa vai possibilitar que cerca de 10 mil alunos da rede estadual de ensino com bom desempenho em Língua Portuguesa e Matemática recebam uma bolsa de R$ 200 para oferecer reforço escolar aos colegas que estão abaixo da média nas disciplinas.


O Mais Estudo visa, além de fortalecer o processo de aprendizagem, despertar nos estudantes o interesse pela docência e contribuir com práticas inovadoras de ensino, destaca a diretora de Acompanhamento Pedagógico e Planejamento da Política Continuada da Secretaria da Educação, Cristina Santana. “O projeto tem abrangência em todos os 27 Núcleos Territoriais de Educação e a expectativa é envolver, de fato, 10 mil estudantes com bom desempenho nas disciplinas. Alguns deles já desenvolvem a atividade de monitoria e agora vão receber um incentivo para que possam participar de modo mais engajado”, conta.


Metodologia


Para participar, os gestores escolares devem identificar o número de vagas disponíveis na escola, informar dados gerais sobre os professores que atuarão como supervisores e quais estudantes foram selecionados como monitores. Para ganhar o auxílio, os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e de todas as séries do Ensino Médio devem ter média escolar igual ou superior a 8,0 nas disciplinas. O programa envolve uma carga horária semanal de oito horas, sendo duas dedicadas à preparação com uma orientação pedagógica e seis em sala de aula, no contra turno das aulas regulares, com os alunos monitorados.


Uma das escolas que já fizeram a seleção e adesão dos monitores é o Colégio Estadual Rubén Darío, localizado na Avenida San Martin, em Salvador. Uma das estudantes escolhidas é Sabrina Tatiane, do 2º ano do Ensino Médio, que sempre registrou bom desempenho em Língua Portuguesa. “De forma pró-ativa, a gente pode conseguir outras pessoas pra se dedicarem mais aos estudos, utilizando uma linguagem que eles entendam com mais facilidade, por sermos da mesma faixa etária”, acredita a estudante.


Para o diretor da unidade escolar, o professor Antônio Pimenta, todo o sistema educacional do estado ganha com a iniciativa. “Os estudantes, com essa oportunidade, podem dar um passo à frente nos estudos e, ainda, ampliar a relação com os colegas e professores. Todos ganham”, afirmou.


O Mais Estudo foi lançado na última semana pelo governador Rui Costa e pelo secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, e deve iniciar as monitorias oficiais já a partir do próximo dia 16. 

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

PM Santo Estevão

TVGeral

9ª Edição direto do Shopping Bela Vista em Salvador
Publicidade
Elo Engenharia
Academia First
Vilage
First
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas