Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Expofeira

todas as notíciasseta

Leilões geram boas perspectivas de negócios na Expofeira 2019

Além das raças bovinas, há também leilões de equinos


07/09/2019 às 12:05h

Leilões geram boas perspectivas de negócios na Expofeira 2019
Crédito: Reprodução

Uma das tradições da Expofeira são os leilões. A ação é o principal termômetro da festa, onde as raças Manga-Larga Machador, Campolina, Guzerá e outros, garantem a maior parte da movimentação financeira da exposição. Os leilões começaram na noite de sexta-feira (6) e terminam neste sábado (7), em diversos horários, no Parque João Martins da Silva.


Para Benício Cunha Cavalcanti, criador do boi Guzerá há mais de 30 anos, esse é um momento muito importante da Expofeira 2019. “Trouxe 21 bovinos entre machos e fêmeas para a 21ª edição do leilão dose dupla. Além dos animais, serão leiloados sêmens e a expectativa de arrecadação é de R$ 200 mil reais, ou seja, uma média de R$ 10 mil reais por animal”, conta. Já o Marcos Brito, sócio proprietário da Seleção da FAES, e também criador de Guzerá, o leilão é uma reunião entre amigos e criadores que compartilham o que têm de melhor. “Participarão mais de 5 cinco criadores, da Bahia e de Sergipe. Cerca de 15 lotes de bezerras, novilhas e tourinhos serão comercializados”, salienta o criador.


Além das raças bovinas, há também leilões de equinos. “O nosso leilão é apenas de Manga-larga Marchador, existem leilões com outras raças como o Manga-larga Paulista. Contamos com 40 animais e embriões comercializados. Para vender, teremos cerca de 20 criadores e a expectativa de arrecadação é de meio milhão, esperamos manter a mesma média do ano passado”, explica Leonardo de Menezes, criador e assessor da comercialização dos animais do leilão Marchador da Princesa.


Segundo o secretário de Agricultura e Recursos Hídricos, Joedilson Machado, a parte que a prefeitura ficou responsável, durante os leilões, foi a estrutura.“A Prefeitura tem um gabinete para a realização de leilões que é fixo. Mas, com a demanda esse espaço ficou pequeno e nós montamos uma estrutura móvel, com dois espaços para que as associações possam fazer seus leilões e aumentar a movimentação financeira na exposição, sendo que este é o objetivo principal do evento”, disse.


Durante a Expofeira, além dos certames presenciais, também ocorrem as vendas online, efetuadas através de sites e redes sociais das entidades envolvidas com a mostra. “Essa ferramenta é muito importante. O atendimento é feito no local do leilão. Teremos também o que chamamos de shopping show, que é a venda direta, onde o interessado vê o animal [na internet] e há a negociação no local entre o proprietário e o futuro comprador. Então isso faz com que o negócio venha girar muito mais no Parque de Exposição”, explica o secretário Joedilson Freitas.


O secretário acrescenta que apesar da crise na economia nacional, a Expofeira será marcada por grandes negócios. “Todo o Governo do prefeito Colbert Martins Filho está se empenhando para realizar um grande evento, e consequentemente termos grandes negócios. Nós sabemos que o país está passando por uma crise e isso reflete não só na exposição, mas em todos os segmentos. Mas eu tenho entendimento que o agronegócio é a chave mestra superar qualquer crise”, salienta Joedilson.


Na sexta-feira (6) aconteceu o leilão de cavalos da raça manga-larga marchador. Neste sábado (7) acontece o leilão da raça Campolina e, mais cedo, da raça de gado Guzerá, a partir das 12 horas.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

PM Santo Estevão II

TVGeral

6ª Copa WH7 - 27/10/2019 - Profissional AO VIVO - Tvgeral.com.br
Publicidade
SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO 1119
Academia First
Vilage
PMFS Novembro Azul
First
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas