Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Internacional

todas as notíciasseta

Jornal da Bélgica sugere que UE aplique sanções

Euobserver publicou um artigo enfatizando a necessidade da Europa aplicar sanções contra o Brasil


27/08/2019 às 06:29h

Jornal da Bélgica sugere que UE aplique sanções
Crédito: Reprodução

Na ressaca do encontro das sete maiores economias do mundo em Biarritz, na França, o jornal belga Euobserver, um dos sites de notícias mais acessados da Bélgica com quase 700 mil acessos mensais, publicou artigo de opinião que afirma que é chegada a hora de a União Europeia aplicar sanções econômicas ao Brasil em virtude do atual contexto ambiental do País.


O artigo afirma que as queimadas na Amazônia nesta época não são novidade, mas o fato novo é "a evidente responsabilidade política da liderança brasileira por sua destruição". A publicação ressalta que em um contexto normal, poderia-se esperar um "alto senso de responsabilidade política do líder do país onde o tesouro natural está localizado, mas infelizmente, esse definitivamente não é o caso".

 

Na sequência, o texto discorre sobre as declarações que o presidente da República, Jair Bolsonaro, já deu sobre a região amazônica. "Bolsonaro prometeu veementemente, durante sua campanha, explorar a região e reverter medidas de proteção para a floresta e seus povos. Também prometeu acabar com a demarcação de novas terras indígenas, reduzir o poder dos órgãos ambientais e liberalizar a mineração e a agricultura industrial nas reservas indígenas", ressalta.

 

Sanções

 

Diante desse contexto, o artigo afirma que a União Europeia não pode ficar inerte ou tomar medidas moderadas contra o Brasil. "É hora de tomar medidas decisivas e alertar o presidente brasileiro com a imposição de sanções consideráveis caso seu governo continue com a atual política", afirma o texto, que diz que a UE tem uma economia "muito maior que a do Brasil e uma enorme influência política para impulsionar esse caminho".

 

Por fim, o texto reforça que a UE é o segundo maior parceiro comercial do Brasil, respondendo por 18,3% de seu comércio total, enquanto o Brasil é o 11º parceiro comercial do bloco europeu, "respondendo por apenas 1,7% do comércio da UE em 2017". Nesse cenário, "a UE poderia absorver quaisquer efeitos negativos das sanções diversificando seu comércio com outros parceiros da América do Sul e de outras partes do mundo".

FONTE: Estadão Conteúdo
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

PM Santo Estevão

TVGeral

Venha viver essa experiência! Quem corre é + feliz!
Publicidade
Elo Engenharia
Academia First
Vilage
Bahia Aqui é Trabalho 1019
Cruzeiro do Sul
PMFS Outubro Rosa 2019
First
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas