Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Turismo

todas as notíciasseta

Dicas para curtir inverno no sul da América Latina

Os destinos mais procurados são Gramado, Bariloche, Mendoza, Montevidéu, Ushuaia e Farellones


26/08/2019 às 11:03h

Dicas para curtir inverno no sul da América Latina
Crédito: Reprodução

Embora muitas regiões do Brasil já estejam com o clima quente, ainda é inverno na América Latina e, oficialmente, a estação só vai embora no dia 23 de setembro. Embora no nosso país a temperatura esteja subindo em regiões como Sudeste e Centro-Oeste, no Sul brasileiro e em outras nações ainda é tempo de curtir o frio.

 

Com atrações bem interessantes e algumas em que é possível até mesmo aproveitar a neve, a lista não é pequena de destinos excelentes para o inverno no sul da América Latina.

 

Gramado, Brasil

 

 

Com forte influência alemã e italiana, nas últimas décadas Gramado se tornou um dos principais destinos de turismo no inverno brasileiro. Com temperaturas médias abaixo dos 15 °C durante essa estação, a pequena cidade do Rio Grande do Sul vem se tornando cada vez mais importante.

 

As ruas românticas e o clima de frio na Serra Gaúcha formam um cenário ideal para uma lua-de-mel. Pontos de visita como o Centro Turístico, o Mini Mundo, o Lago Negro e muitos outros são imperdíveis na cidade. Além disso, bem ao lado de Gramado está a também turística Canela, que também é bastante visitada no inverno.

 

Não é por acaso que, segundo ranking divulgado pela TripAdvisor, Gramado foi eleita o segundo melhor destino do Brasil — atrás apenas do Rio de Janeiro.

 

Além do inverno, Gramado também é muito visitada no Natal e é amplamente reconhecida como um dos principais destinos turísticos para curtir esse feriado de fim do ano.

 

Bariloche, Argentina

 

 

Muito visitado pelos brasileiros durante o inverno, Bariloche é um dos lugares ideais na América do Sul que juntam neve e atrações turísticas. Considerada a porta de entrada Patagônia, a cidade tem estações de esqui que ficam lotadas durante essa estação.

 

O ponto mais atrativo de Bariloche é o Cero Otto. Por lá está a incrível Confeitaria Giratória, que não tem esse nome por acaso. O restaurante vai se movimentado lentamente a cada 20 minutos e oferece uma vista 360 graus das montanhas de Bariloche.

 

Neve, aventura e chocolate quente aos montes. Não é raro Bariloche registrar temperaturas negativas como até -10 °C. Outro ponto positivo é que a cidade conta com um aeroporto internacional, o que torna o acesso bem convidativo e prático.

 

Mendoza, Argentina

 

 

Frio combina com vinho e, portanto, poucos destinos na América do Sul são melhores do que Mendoza durante essa estação. Localizada no oeste da Argentina, Mendoza é outra cidade turística do país hermano que conta com muitas opções de turismo.

 

Seu principal chamariz são as vinícolas. Os incríveis vinhos produzidos nesse munícipio localizado nas bordas da Cordilheira dos Andes atraem turistas de todo continente. Alguns dos mais variados como Malbec, Cabernet Sauvignon, Chardonnay e tantos outros são produzidos por lá.

 

Só em Mendoza e região são cerca de 1.200 vinícolas e muitas delas são abertas para visitação e degustação. No entanto, a cidade não é tão fria como a conterrânea Bariloche, mas a temperatura média é baixa durante o inverno e não é raro as mínimas chegarem a 2 °C.

 

Assim como em Bariloche, Mendoza tem um aeroporto internacional que facilita bastante o acesso à cidade.

 

Montevidéu, Uruguai

 

 

A capital do Uruguai é imperdível em qualquer estação do ano, mas ganha um charme ainda mais especial durante o inverno. Com temperaturas mínimas abaixo dos 10 °C durante essa estação, Montevidéu faz um frio gostoso durante junho até setembro.

 

A gastronomia e as diversas opções de vinho são incríveis em Montevidéu. Apesar de não haver tantas vinícolas como em Mendoza, há algumas na capital uruguaia. A Bodega Bouza, por exemplo, está a menos de 20 kms do centro e é aberta à visitação.

 

A capital também se destaca pelo entretenimento quando o sol se põe. Só em Montevidéu são vários cassinos por lá como o Cassino Carrasco, Cassino Victoria Plaza e o Cassino Maroñas. Todos contam com os mais tradicionais e incríveis jogos e também com vários torneios de poker.

 

O poker, além de ser muito popular no Brasil, também é bastante praticado no Uruguai e dá para se divertir com essa modalidade em Montevidéu. No entanto, vale ressaltar que, diferente dos torneios de poker online que são disputados em diferentes horários do dia, nos cassinos o ritmo é diferente com um ritmo mais lento do que acontece na internet. Portanto, antes de visitar um casino, é sempre interessante se informar antecipadamente sobre as competições em questão de horário e número de participantes dos eventos.

 

Baladas, bares tradicionais e teatros com muita história também são atrações interessantes na vida noturna da capital uruguaia.

 

Ushuaia, Argentina

 

 

Situado no Arquipélago da Ilha do Fogo, Ushuaia está no extremo sul da Argentina e, além de servir como base para cruzeiros e passeios pela Antártida, se tornou muito turística nas últimas décadas.

 

Atividades como patinação no gelo, passeios 4x4, caminhadas com raquetes e várias outras opções regadas a muita neve são encontradas em Ushuaia durante o inverno.

 

Carinhosamente apelidada como o “fim do mundo”, Ushuaia está longe de grandes prédios e do caos do centro urbano. É um lugar pacato em meio a natureza e com uma beleza incrível durante o inverno.

 

Ushuaia também é boa para realizar passeios de barcos para explorar mais da vida natural do lugar em que é possível até mesmo avistar colônias de pinguins. A cidade não deixa de ter um lado histórico forte. Para quem curiosidade, por lá há museus como Yamana, Marítimo, Presídio, Fim do Mundo e da Cidade.

 

Farellones, Chile

 

 

Considerado um destino perfeito para quem pretende esquiar sem gastar muito, Farellones não é tão conhecido como os destinos citados acima, no entanto, não deixa de ser interessante durante o inverno.

 

Situado perto do Valle Nevado, Farellones está localizada a aproximadamente duas horas de distância de Santiago. A cidade tem várias estações de esqui, além de contar com pousadas românticas e aconchegantes. Atividades como tubing, tirolesa, caminhada e passeios em fatbikes também são populares no lugar.

 

Vale citar que o site Nós no Chile fez uma visita à cidade e contou o relato em um artigo interessante com dicas e retratando um pouco da experiência na neve de Farellones.

 

Com preços em conta e ambiente de sossego nas montanhas chilenas, Farellones é ideal para se divertir bastante durante o fim de semana e aparece como uma atração ótima no inverno para quem se hospeda na capital Santiago.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Venha viver essa experiência! Quem corre é + feliz!
Publicidade
Bahia Aqui é Trabalho 1019
Elo Engenharia
Academia First
Vilage
Cruzeiro do Sul
PMFS vacina sarampo
First
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas