Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Geral

todas as notíciasseta


Saúde mental e suicídio debatidos no HGCA

Dentre as causas que geram o adoecimento nos profissionais de enfermagem destaca-se carga horaria excessiva, problemas familiares, estresse, dobras de plantão, dentre outros problemas


14/05/2019 às 11:52h

Saúde mental e suicídio debatidos no HGCA
Crédito: Reprodução

Começou na última segunda-feira (13) no auditório do HGCA, a Semana de Enfermagem do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Este ano o tema é “Saúde mental dos profissionais de Enfermagem na sociedade contemporânea” e tem como objetivo alertar os profissionais sobre os cuidados que devem ter com a própria saúde mental e psicológica. O encontro será realizado até o dia 17 de maio.


A vice-diretora de enfermagem, Valéria Duboc, destacou a Semana de Enfermagem como sendo um momento de reflexão. “De que forma estamos nos cuidando enquanto profissionais de saúde? A depressão é algo que estamos vivendo em nosso cotidiano, tanto internamente como externamente. A sociedade está adoecida. Esta doença provoca afastamento e tem gerado inclusiva suicídio”, afirmou Duboc, acrescentando que a diretoria de enfermagem do HGCA tem acompanhado de perto seus profissionais, através de ações de humanização, escuta qualificada, incentivo a espiritualidade por meio do projeto Café com Oração, levando palavra, oração e apoio espiritual para dentro das casas destes servidores.


Dentre as causas que geram o adoecimento nos profissionais de enfermagem destaca-se carga horaria excessiva, problemas familiares, estresse, dobras de plantão, dentre outros problemas. O diretor-geral do HGCA, Dr. José Carlos de Carvalho Pitangueira, destacou que o dimensionamento de profissionais no HGCA mudou muito. “O Governo do Estado da Bahia contratou mais profissionais para o Clériston Andrade e também estamos desenvolvendo ações de humanização visando à valorização dos servidores. A enfermagem sem dúvida alguma é a maior força de trabalho na saúde e aqui no HGCA valorizamos muito estes trabalhadores”, parabenizou Dr. Pitangueira.


A enfermeira Maria Inez Morais Farias (presidente do Coren-BA), destacou a valorização dos profissionais de saúde. “O Coren é um órgão disciplinador e regulador. Atualmente somos 126 mil profissionais de enfermagem na Bahia e nos preocupamos muito com a saúde destes trabalhadores. Estamos vendo no mundo inteiro, não apenas na área de enfermagem e sim na sociedade, o adoecimento da alma e do espirito. Daí a importância deste evento”, destacou Maria Inez.


A abertura do evento contou com a presença do diretor médico Aurélio Sciarreta, Dart Clair Cerqueira, fiscal do Coren, além de apresentação musical como violonista German Mora, momento cultural e de evangelismo com a enfermeira Karla Rios que junto a um coral formado pelas gerentes de enfermagem do HGCA cantou uma música gospel. Também foram realizadas palestras com o enfermeiro Eder Rodrigues que falou sobre o Retrato do Adoecimento psíquico do profissional de enfermagem no Brasil e a enfermeira Ivani Almeida, coordenadora do Serviço Integrado de Atenção à Saúde do Trabalhador (SIAST), que falou sobre a saúde do trabalhador no HGCA.


Atualmente a unidade possui cerca de 620 profissionais de enfermagem entre técnicos, auxiliares e enfermeiros.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Carlinhos Maia fala sobre seu casamento- TvGeral.com.br
Publicidade
Santana
Elo Engenharia
Vilage
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas