Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta


Preso suspeito de esfaquear mulher 68 vezes

Namorado da vítima, apontado como mandante do crime, já havia sido preso no dia do ocorrido. Outro homem suspeito de participar do crime está foragido


14/03/2019 às 02:03h

Preso suspeito de esfaquear mulher 68 vezes
Reprodução/TV Bahia

Um dos suspeitos de esfaquear a fisioterapeuta Isabela Oliveira Conde, de 36 anos, a mando do namorado dela, foi preso nesta quinta-feira (14), na região do alto do Saldanha, no bairro de Brotas, em Salvador. A informação é da Polícia Civil. A mulher recebeu 68 facadas e sobreviveu. Ela contou que se fingiu de morta para conseguir se livrar dos criminosos.


Conforme apontam as investigações, Adriano Santos de Jesus, de 29 anos recebeu R$ 500 para matar a vítima. O rapaz foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em Periperi, onde foi ouvido e nega o crime.

 

Além de Adriano, um homem identificado como Alex Pereira dos Santos, conhecido como "Meu Tio", é apontado por participar do crime e está foragido. Fábio Barbosa Vieira, de 37 anos, que namorava com a vítima na época do crime e é apontado como mandante, também está preso.

 

Isabela Conde foi atacada na quinta-feira (28) de carnaval, após deixar o expediente em um hospital de Salvador, onde atua como fisioterapeuta. Fábio foi pegar a vítima no trabalho junto com dois homens, que seguiram no banco de trás do veículo.

 

No caminho os homens começaram a bater e esfaquear Isabela, enquanto Fábio dirigia o veículo.

 

Caso

 

Isabela Oliveira Conde foi golpeada com 68 facadas e perdeu a visão de um dos olhos após o ataque. De acordo com a vítima, o namorado Fábio Vieira foi pegá-la no trabalho com dois homens no carro e disse que eram amigos dele.

 

Quando o veículo passava pela Avenida Bonocô, uma das principais da capital baiana, os homens começaram a bater e esfaquear Isabela. A vítima relembrou o caso em entrevista à equipe da TV Bahia.

 

"Recebi um mata-leão dentro do carro mesmo. Eu perguntei: 'Fábio, o que está acontecendo?' Achei que os dois homens que estavam atrás tinham se revoltado e queriam me assaltar. Quando consegui folgar um pouco o braço [do homem], olhei para o lado e vi aquele homem frio, Fábio, dirigindo o carro tranquilamente. Eu falei: 'Fábio, me ajude'. E ele disse: 'Você vai morrer'", relatou.

 

Isabela relembrou ainda que precisou se fingir de morta para sobreviver. Convencidos de que a fisioterapeuta estava morta, os homens a jogaram em uma área de mata da BR-324, no trecho do município de Simões Filho, região metropolitana de Salvador. Ela foi socorrida por pessoas que passavam pelo local e levada para o Hospital do Subúrbio, na capital baiana.

 

No mesmo dia do crime, Fábio foi preso e conduzido para Central de Flagrantes, onde foi autuado por tentativa de feminicídio e sequestro.

FONTE: G1 | BA
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Micareta de Feira será nos quatro dias oficiais, sem programação na quarta- TvGeral.com.br
Publicidade
Vilage
Santana
Elo Engenharia
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas