Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Carnaval

todas as notíciasseta

Em quatro dias, 14 casos de HIV são confirmados

As equipes da Divep realizaram 4.464 testes para Sífilis, HIV, e Hepatites B e C


06/03/2019 às 04:07h

Em quatro dias, 14 casos de HIV são confirmados
Crédito: Fernando Gomes/Agencia RBS

Nos quatro dias de carnaval, as equipes da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) que atuam nos Postos de Testagem localizados na Avenida Centenário (Barra) e na Avenida Adhemar de Barros (Ondina) realizaram 4.464 testes para Sífilis, HIV, e Hepatites B e C. De acordo com os resultados, foram confirmados 14 testes positivos para HIV, 95 reagentes para Sífilis, dois reagentes para Hepatite B e cinco reagentes para Hepatite C.


Em Porto Seguro, em parceria com a prefeitura municipal, a Sesab também montou um posto de testagem. Até o momento foram realizados 1.088 testes, com 26 resultados reagentes para Sífilis e um caso suspeito para Hepatite C.


Nos postos de testagem, foram distribuídos na segunda-feira (4) 24 mil preservativos masculinos e 6 mil unidades de gel lubrificante, totalizando nesses quatro dias, 88.440 preservativos e 24 mil unidades de gel lubrificante. Nos quatro dias de Carnaval foram distribuídos mais de 600 mil preservativos.


Nas últimas 120 horas foram registradas 34 pessoas para atendimento para Profilaxia Pós-Exposição (PEP). Destas, cinco foram decorrentes de violência sexual, sendo duas por acidente perfurante no circuito do Carnaval e 27 por sexo desprotegido.


Os técnicos da Sesab visitaram na segunda-feira (4) mais 35 estabelecimentos de hotelaria, realizando ações voltadas para a prevenção do HIV, Aids e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), bem como avaliação dos riscos e agravos potenciais à saúde da população. Também foram distribuídos 5.328 unidades de preservativos masculinos. Nos quatro dias de carnaval foram fiscalizados 136 estabelecimentos hoteleiros, em Salvador e Região Metropolitana.


Também foram implementadas ações de inspeção na produção de alimentos no setor hoteleiro, visando a segurança alimentar dos foliões, assim como nas áreas de processamento de roupas de uso coletivo (lavanderias). Na ocasião, também foram passadas orientações quanto à realização de ações de controle do mosquito Aedes Aegypti.


Nos dias de carnaval, os técnicos da Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa) deu seguimento ao monitoramento de riscos das unidades de saúde que prestam serviços de urgência e emergência, com vistas à tomada de decisão para resposta oportuna, sendo inspecionadas 11 unidades hospitalares, com ênfase nos serviços de emergências (15), Central de Material e Esterilização (11), e Serviços de Raios X (3). Em alguns serviços foram identificadas algumas não conformidades que não representavam risco imediato aos usuários e que estão sendo corrigidas ao longo do processo de desenvolvimento das atividades.


O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA), que atua no apoio diagnóstico de análise de produtos, em parceria com a vigilância sanitária, bem como na realização de ensaios relacionados às doenças e agravos de interesse para a saúde pública, recebeu na segunda-feira (4) quatro amostras para serem analisadas, procedentes de Salvador, Juazeiro e Feira de Santana. Nesses dias da folia, o Lacen recebeu 13 amostras para análises.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

PM Santo Estevão

TVGeral

9ª Edição direto do Shopping Bela Vista em Salvador
Publicidade
Vilage
Academia First
Elo Engenharia
BAHIA AQUI É TRABALHO 0919
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas