Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Economia

todas as notíciasseta


Vendas do varejo caem 1,7% de abril para maio

Na comparação maio de 2018 com maio de 2017, as vendas na Bahia mantiveram-se em baixa


12/07/2018 às 04:55h

Vendas do varejo caem 1,7% de abril para maio
Crédito: Reprodução

Em maio, as vendas do varejo na Bahia voltaram a recuar (-1,7%) em relação ao mês anterior, na série livre de influências sazonais, após terem aumentado 1,3% de março para abril.


Nessa comparação, o varejo nacional também teve desempenho negativo (-0,6%), ainda que um pouco melhor que o baiano, com queda das vendas em 15 dos 27 estados. Os destaques, em termos de magnitude do recuo, foram Rondônia (-4,2%), Santa Catarina (-4,2%) e Amapá (-3,0%). Por outro lado, Amazonas (6,0%), Roraima (3,2%) e Alagoas (1,7%) apresentaram os maiores crescimentos nas vendas, de abril para maio.


Na comparação maio de 2018 com maio de 2017, as vendas na Bahia mantiveram-se em baixa (-1,1%), acelerando um pouco o ritmo de queda (em abril haviam recuado 0,9%) e com o terceiro pior resultado entre os estados – acima apenas de Distrito Federal (-2,1%) e Mato Grosso(-1,6%).


Em média, as vendas no país cresceram 2,7% frente a maio de 2017, com resultados positivos em 20 dos 27 estados, entre os quais se destacaram Roraima (11,0%), Amazonas (9,3%) e Rio Grande do Norte (9,0%).


Com os resultados negativos de maio, no acumulado neste ano, as vendas na Bahia seguem em queda (-0,8%), mantendo, porém, o índice de abril (-0,8%). É o quarto pior resultado entre os estados e um desempenho bem abaixo da média nacional (+3,2%). Nesse acumulado no ano (sempre frente ao mesmo período do ano anterior), o comércio varejista baiano vem em quedas consecutivas, mês a mês, desde janeiro de 2015, ainda que mostrando redução no ritmo de recuo ao longo do tempo.


Já nos 12 meses encerrados em maio, as vendas do comércio varejista na Bahia se mantêm com uma alta de 0,8%, mesma variação de abril. Foi o quarto resultado positivo para o varejo baiano, que, nessa comparação, vinha em quedas sucessivas desde maio de 2015.


Nessa taxa anualizada, o varejo brasileiro apresenta avanço de 3,7% em maio, com vendas crescendo em 23 dos 27 estados. 

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Música na Geral com a cantora Juliana Ribeiro
Publicidade
Santana
Elo Engenharia
FNR 2018
Vilage
Corrida Kids
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas