Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Esportes

todas as notíciasseta


França vence Bélgica e é primeira finalista da Copa

Geração Belga domina o controle de bola, mas não cria na frente e cai nas semifinais


10/07/2018 às 06:09h

França vence Bélgica e é primeira finalista da Copa
Crédito: Reprodução

A bela cidade de São Petersburgo recebeu na noite desta terça-feira o primeiro duelo das semifinais da Copa do Mundo 2018. Apesar de não podermos ver o Brasil em campo, não faltaram motivos para os amantes do futebol estarem vidrados em frente à TV. Com uma legião de craques em campo, o duelo entre França e Bélgica, desde os primeiros momentos, cumpriu com o prometido e entregou belos lances aos torcedores.

 

Primeiro tempo

 

O jogo começou muito disputado no meio de campo, com uma clara superioridade belga. Sempre procurando os lados, com Chadli e De Bruyne, a Bélgica conseguia chegar até a intermediaria adversária, quando a qualidade da zaga francesa se sobressaia. Apesar da Bélgica exercer seu controle nos primeiros minutos, quem chegou com mais perigo foi a França. Logo aos 10 minutos Mbappe é lançado em velocidade. Courtuis, atento ao lance, consegue fazer a defesa.

 

A sequência do jogo se deu basicamente no campo de ataque dos Diabos Vermelhos, que com Hazard e Alderweireld – ambos com perigosos chutes – fizeram Lloris trabalhar.

 

Ao final da primeira etapa a Bélgica tinha 58% da posse de bola. A posse, porém, não se converteu diretamente em chances de gol: foi apenas uma tentativa na direção de Lloris, enquanto a França finalizou duas vezes contra o gol de Courtois.

 

Segundo tempo

 

A etapa complementar iniciou tal qual a primeira: domínio belga, que não necessariamente assustava os franceses. E tal qual a primeira etapa, o domínio não significou nada: aos cinco minutos Giroud consegue o escanteio. Na cobrança, a bola encontra o zagueiro Umtiti, que escorou para o fundo do gol.

 

Após o gol francês o jogo pouco mudou. A Bélgica seguia com seu domínio de bola, aos 25 minutos os belgas seguiam com 60% de posse de bola. E ainda assim, as chances criadas não foram suficientes para assustar os torcedores adversários.

 

Ciente da baixa produção do ataque, o treinador belga anunciou com a entrada de Carrasco, aos 35 do segundo tempo. Apesar das alterações (Mertens e Batshuayi entraram), o time de Roberto Martinez não correspondeu.

 

A França agora aguarda o vencedor de Inglaterra e Croácia para decidir o título da Copa do Mundo 2018 no próximo domingo, em Moscou.

FONTE: Onefootball
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Música na Geral com a cantora Juliana Ribeiro
Publicidade
FNR 2018
Elo Engenharia
Santana
Vilage
Corrida Kids
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas