Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Lutas e Artes marciais

todas as notíciasseta


Aos 40, Marcello deixa aposentadoria e acerta com Brave

Líder da CM System, que havia pendurado as luvas em 2014, voltará ao cage em edição no Brasil, no mês de dezembro - local e adversário ainda não foram definidos pela organização


28/06/2018 às 04:30h

Aos 40, Marcello deixa aposentadoria e acerta com Brave
Faixa-preta de jiu-jítsu tem no currículo passagem por eventos como Meca, Pride e Ultimate (Foto: Marcelo Barone)

Cristiano Marcello está de volta à ativa. Aos 40 anos, o brasileiro, que atuou pela última vez em fevereiro de 2014, anunciou com exclusividade ao Combate.com seu retorno ao MMA. Ele acertou um contrato com o Brave Combat Federation e seu reencontro com o cage está programado para dezembro, no Brasil, em edição ainda sem local e adversário definidos.

 

- É o que eu falo: a chama sempre está lá dentro. Estou vendo meus moleques indo bem no cenário nacional e internacional, sinto aquela vibração, aquela coisa de acompanhar o treinamento, a perda de peso, aquela adrenalina, aquela expectativa da vitória. Aquilo sempre esteve dentro de mim, foi reacendendo, recebi uma proposta maravilhosa do Brave, que está entre os melhores eventos do mundo. Então, nada melhor do que voltar. Fiquei muito feliz, sempre fui muito competitivo, lutei nos maiores eventos do mundo e nada melhor do que estar sendo abraçado por eles.

 

Líder da academia CM System, em Curitiba, onde treinam atletas como Elizeu Capoeira, Bethe Correia e Felipe Silva, todos do UFC, Cristiano Marcello celebra o fato de que seus filhos e seus alunos mais novos poderão vê-lo em ação pela primeira vez in loco.

 

Oriundo da academia Chute Boxe, Cristiano Marcello estreou profissionalmente no MMA em 1997, quando venceu Cláudio de Souza pelo Brazilian Freestyle Circuit. O carioca, que passou por Meca, Pride, TUF e UFC, se despediu do octógono em fevereiro de 2014, em Jaraguá do Sul-SC, na derrota para Joe Proctor, por pontos. O seu cartel é composto por 13 vitórias - nove por finalização - e seis derrotas.

FONTE: Combate
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Música na Geral com a cantora Juliana Ribeiro
Publicidade
Elo Engenharia
Santana
FNR 2018
Vilage
Corrida Kids
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas