Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,767
Euro:   R$ 4,369
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Saúde

todas as notíciasseta


Documentos para participar de triagem no HM

Serão realizados, ao todo, 250 atendimentos, sob demanda espontânea, para as pacientes que têm indicação de consulta com especialistas de cabeça e pescoço devido a patologias na glândula


11/06/2018 às 06:40h

Documentos para participar de triagem no HM
Crédito: Reprodução

O Hospital da Mulher promoverá no próximo sábado (16), a partir das 7h, uma triagem para realização de procedimentos da tireoide. Durante o dia, serão realizados, ao todo, 250 atendimentos, sob demanda espontânea, para as pacientes que têm indicação de consulta com especialistas de cabeça e pescoço devido a patologias na glândula.

 

Para ser atendida, a paciente deve comparecer à unidade munida de RG, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e ultrassonografia (se houver). É obrigatória a apresentação de requisição (guia do SUS) para consulta com profissional cirurgião de cabeça e pescoço ou uma indicação de punção aspirativa com agulha fina (PAAF) de tireoide.


A ação tem como objetivo abraçar a grande demanda de pacientes que necessitam tanto de cirurgias quanto de punções na tireoide. “Criamos este serviço, junto à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), pensando em dar oportunidade de atendimento às mulheres do estado que sofrem com este tipo de doença, já que esta patologia atinge, em sua grande maioria, mulheres”, afirma o diretor médico do Hospital da Mulher, Paulo Sérgio Andrade.


Três em cada quatro casos de câncer de tireoide são diagnosticados em mulheres. De acordo com o Inca, é estimado que para cada ano do biênio 2018/2019 sejam diagnosticados 9.610 novos casos de câncer de tireoide no Brasil, sendo 1.570 em homens e 8.040 em mulheres.


Embora o diagnóstico da doença tenha aumentado nos últimos anos, segundo o Inca, a taxa de mortalidade para o câncer de tireoide está estável e é baixa se comparada com a maioria dos outros tipos de câncer.


Serviço de cabeça e pescoço


Para suprir a alta demanda, o Hospital da Mulher oferta, desde março, atendimento para a especialidade de cabeça e pescoço. A proposta é diagnosticar e tratar, além do câncer da tireoide, cânceres que acometem as glândulas parótidas e submandibulares e patologias benignas como nódulos na tireoide e cálculos na glândula salivar.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Prefeitura Municipal de Feira de Santana - Segue em frente
Publicidade
Vilage
FNR 2018
Corridas
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas