Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,767
Euro:   R$ 4,369
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Micareta

todas as notíciasseta


Organização e comunicação da festa em pauta

O conjunto dessas discussões ensejará um documento para a Prefeitura Municipal e as principais secretarias envolvidas com a festa


03/05/2018 às 03:14h

Organização e comunicação da festa em pauta
Crédito: Divulgação

Vários pontos relativos à organização e a comunicação da Micareta de Feira de Santana, vistos por perspectivas diferentes, foram analisados no segundo bate-papo do programa “Discutindo a Micareta”, promovido pela Rede Geral e o Grupo Folha do Estado, na última quarta-feira (2).

 

Ainda com a efervescência da principal festa da cidade, blocos de matérias serão debatidos ao decorrer da semana, com a participação de convidados experientes no campo do entretenimento e o engajamento dos internautas através de todas as plataformas digitais da Rede Geral. O conjunto dessas discussões ensejará um documento para a Prefeitura Municipal e as principais secretarias envolvidas com a festa.


Sob o comando do o diretor geral do grupo Folha do Estado, Humberto Cedraz, a segunda audição contou com a presença da artista Luciana Alves, o secretário de Prevenção à Violência (Seprev), Pablo Roberto, o apresentador da TV Caldeirão, Josse Paulo e o radialista Amaury Junior. Questões relacionadas à organização e comunicação visual da festa foram os itens mais debatidos.


Humberto Cedraz iniciou o diálogo evidenciando a importância desses debates para elencar eventuais problemas surgidos e opiniões sobre como devemos melhorar a Micareta de Feira de Santana e retomou sobre a possibilidade de alterar o período da festa. “A mudança da data fomentaria a indústria do turismo, hotéis e restaurantes. A Micareta é uma força motriz fantástica que gera energia para ela mesma”, disse.


Com relação à publicidade do evento, o diretor afirma que esse ano a falta de comunicação foi um dos pontos negativos. “Não tivemos nenhum outdoor nas principais vias que dão acesso a capital. A micareta é uma oportunidade de se fazer negócios puxando o pessoal de fora para aqui. Este ano, houve um aumento de 35% na saída de pessoas da cidade”, disse Humberto Cedraz.


Sobre à alteração do período festivo, a cantora Luciana Alves, acredita que seria algo positivo. “Deveríamos experimentar uma nova data, abril é um mês chuvoso, estamos na estação do outono, vale a pena ousarmos e apostarmos no diferente”, afirma.


O apresentador, Paulão, elucida a falta de divulgação para a festa em 2018. “A micareta não teve uma publicidade com antecedência. Até a música que é feita convidando as pessoas foi feita poucos dias da abertura oficial. Muitos cantores nem sabiam os dias que iam tocar para compartilharem em suas redes sociais. A Micareta ainda fez sucesso devido à impressão que fez a sua própria divulgação”, disse.


Pablo Roberto, titular da Secretaria de Prevenção a Violência (Seprev), afirmou que este ano os pontos a serem comemorados são maiores do que as críticas. “A festa ganhou uma roupagem diferente e o circuito estava muito mais organizado. A organização e segurança são um dos quesitos mais importantes para que possamos vender essa folia”, conta. “Em relação à volta dos blocos, eu sou a favor da micareta sem cordas, a festa seria mais democratizada e menos violenta”, completa.


De acordo com coordenador da Rádio Geral, Amaury Junior, os ajustes que o poder público deve fazer são poucos e melhorariam o desenvolvimento da festa. “Temos que enxergar as coisas como um âmbito geral e não olhar apenas o lado de cada um. Os reparos que precisam ser feitos são poucos. Devemos melhorar a divulgação e as datas das apresentações de artistas locais devem ser publicadas com antecedência. O tamanho do percurso também precisa ser analisado, ficou curto, mas é um detalhe fácil de resolver é só puxar mais um pouco o circuito para antes da concentração, já que a polícia considera a localização da Rodoviária uma área de conflito”, disse. 

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Prefeitura Municipal de Feira de Santana - Segue em frente
Publicidade
Vilage
Santana
FNR 2018
Elo Engenharia
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas