Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Saúde

todas as notíciasseta

Mais de 100 mil feirenses devem se vacinar contra o vírus

Com o slogan “Proteger é Cuidar! Vacinação contra Gripe” a campanha 2012 de vacinação contra o vírus influenza começa hoje (5) e vai até o dia 25 de maio e tem como meta vacinar cerca de 76 mil pessoas em Feira de Santana.


05/05/2012 às 03:24h

Mais de 100 mil feirenses devem se vacinar contra o vírus
Reprodução

O público alvo da campanha são os idosos acima de 60 anos, gestantes, crianças de seis meses a menos de dois anos, indígenas e profissionais de saúde. A vacina está disponível em todos os postos de saúde e em alguns municípios haverá postos volantes para atender a população rural, que tem mais dificuldade em ir até os locais de vacinação.

Para esclarecer algumas dúvidas sobre a vacina e o vírus influenza, o Folha do Estado fez uma entrevista com o Edy Gomes, diretor daDiresDiretoria Regional de Saúde, responsável por Feira de Santana e mais 22 municípios próximos.

 

Folha do Estado:Qual o objetivo da campanha?

Edy Gomes:Temos como focos principais diminuir as complicações geradas pela gripe, como internações e até falecimentos, e garantir uma cobertura de 80% da população direcionada. Este ano, o público alvo foi ampliado. Antes, era somente para os idosos a partir de 60 anos, mas agora o Ministério da Saúde e a Sesab – Secretaria Estadual de Saúde – resolveram incluir gestantes, profissionais de saúde, população indígena e crianças de 6 meses a menor de 2 anos.

FE:Qual a duração da imunidade e porque é importante se vacinar?

EG:Ela garante uma imunidade temporária de 12 meses. É importante o público alvo se vacinar, porque o idoso ou a criança, por exemplo, que chamamos de público mais vulnerável, tem tendência a desenvolver complicações inerentes ao quadro viral, diferente de um adulto saudável, que se restabelece mais rápido.

FE:Qualquer pessoa pode tomar a vacina?

EG: Não. Geralmente, as pessoas que têm alergia a ovo não podem se vacinar, porque a base dela é o plasma do ovo. Mas, a maioria das pessoas não possui esta alergia. Como todos os anos conseguimos atingir nossa meta, acredito que neste não será diferente. 

FE:O vírus influenza é o vírus da gripe comum?

EG:Não. A influenza é uma mutação do vírus da gripe comum, ele tem uma forma mais virulenta, que não é tão comum. Também não é o H1N1, que tivemos um surto há um tempo, a influenza é de outro sorotipo. É comum o vírus sofrer mutação: se tiver alguém doente em casa e ele conseguir infectar outra pessoa, a tendência dele é se tornar mais resistente e sofrer mutações.

FE:Uma pessoa que foi vacinada pode correr o risco contrair uma gripe?

EG: Não podemos garantir 100% de proteção, existe o fator de aceitação da vacina, que depende de cada organismo.

FE:Após tomar a vacina, a pessoa pode ter alguma contraindicação?

EG:Após a administração da vacina, a pessoa pode sentir algo parecido com o estágio gripal, mas não é. É raro, mas pode acontecer um aumento da temperatura corporal, fadiga muscular, porém, geralmente as pessoas não sentem nada.

FE:Se alguém perder o prazo de 5 a 25 de maio, a vacina ainda estará disponível nos postos de saúde?

EG:Esses dias servem apenas como um marco para alertar a população da vacinação e para vacinar amplamente o público alvo (crianças, profissionais de saúde e indígenas).

Ela é disponibilizada todo ano para idosos e gestantes, basta que levem o cartão de vacina do idoso ou o cartão de gestante. O posto tem o dever de disponibilizar.

FONTE: Da redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO

TVGeral

Live Mareô com canções consagrada, mesclando com o que há de melhor do ritmo na atualidade.
Publicidade
PMFGS Covid
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas