Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta

Sistema de abastecimento de água beneficia comunidade quilombola

Já foram aplicados R$ 4,5 milhões na construção de sistemas de abastecimento de água, perfuração de poços, aquisição de equipamentos para auxiliar a produção agrícola, como tratores, além de kits de horticultura e de costura


13/09/2015 às 10:48h

Comunidades quilombolas do Médio São Francisco baiano estão sendo beneficiadas com investimentos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Desde 2012, já foram aplicados R$ 4,5 milhões na construção de sistemas de abastecimento de água, perfuração de poços, aquisição de equipamentos para auxiliar a produção agrícola, como tratores, além de kits de horticultura e de costura.


A comunidade quilombola de Lagoa das Piranhas, do município de Bom Jesus da Lapa, por exemplo, foi beneficiada com a construção de um sistema de abastecimento de água construído pela Codevasf. A comunidade conta atualmente com cerca de 485 pessoas, que vivem em uma área de 9.951,71 hectares. Além das ligações residenciais, o sistema atende a uma escola municipal local.


“Este sistema representa uma luta antiga da comunidade. A Codevasf teve grande importância desde a elaboração até a conclusão do sistema, e tem sido sempre uma grande parceira das comunidades, principalmente quilombolas”, disse Cláudio Pereira, coordenador do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) e líder comunitário local.


O investimento na obra foi de R$ 750,7 mil, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Prevenção). O sistema de abastecimento, concluído neste ano, teve a gestão repassada para a Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, que, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), efetua a operação e manutenção. A captação é feita no rio São Francisco por meio de um braço do rio que forma a Lagoa das Piranhas.


A população do Quilombo de Pedras, também em Bom Jesus da Lapa, é outra que será beneficiada em breve, quando entrar em funcionamento o sistema de abastecimento de água, que está sendo construído pela Codevasf e que conta com o investimento de R$ 2,2 milhões. Cerca de 750 pessoas terão acesso a água tratada nas torneiras das casas graças à obra, que está em execução.


“Conseguimos fazer uma coisa magnífica que foi a construção do sistema de abastecimento de água em Lagoa das Piranhas. Levando água tratada para a casa das pessoas dessa comunidade quilombola que, mesmo morando na beira do rio, jamais teve acesso a água tratada”, disse Lourival Gusmão, superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa.


Rio das Rãs é outra comunidade quilombola, também de Bom Jesus da Lapa, que será beneficiada. Já foi realizado o projeto executivo de um sistema de abastecimento de água, que, a exemplo do de Lagoa das Piranhas, beneficiará toda a população local. O investimento para a elaboração do projeto foi de R$ 241 mil. A obra deve beneficiar diretamente cerca de mil pessoas.


A área de 27 mil hectares da comunidade remanescente do Quilombo Rio das Rãs foi titulada pela Fundação Cultural Palmares no ano 2000. A população conta com cerca de 1.500 pessoas. Ainda com relação ao acesso a água na comunidade, os moradores locais foram beneficiados também com a instalação de seis novos poços (dois deles também foram perfurados pela Codevasf), representando um investimento de cerca de R$ 300 mil.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live com Antonio Dyggs sobre o pagamento do Instagram para perfis comerciais
Publicidade
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas