Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta

Empresário baiano é preso em aeroporto nos EUA

O empresário teve a prisão preventiva decretada há mais de um ano e é considerado foragido da Justiça


27/12/2014 às 09:50h

Empresário baiano é preso em aeroporto nos EUA
Crédito: Reprodução

O baiano Christiano Mascarenhas Rangel, de 42 anos, foi preso no estado da Flórida, nos Estados Unidos. Acusado de ter agredido a ex-namorada, Aida Nunes, em janeiro de 2013, o empresário teve a prisão preventiva decretada há mais de um ano e é considerado foragido da Justiça.


Rangel, que aparecia na página dos procurados da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), foi localizado e detido no último dia 17.


Segundo informações não oficiais - passadas pelo advogado de Aida, Rosberg Crozara - o empresário retornava de um cruzeiro no Caribe, quando foi preso pelo serviço de Imigração dos EUA, na cidade de Fort Lauderdale.


Ainda de acordo com Crozara, o futuro do empresário ainda não está definido. "Ainda não sabemos se ele será deportado. Não temos certeza do motivo da prisão. Havia um mandado de prisão em aberto, mas não sabemos se ele cometeu algum crime nos Estados Unidos", afirmou.


O advogado lembra que Christiano estava foragido por não atender um chamado da Justiça brasileira.


Sobre os próximos passos, ele ressaltou que a Justiça está em recesso até o dia 6 de janeiro e que é preciso aguardar alguns trâmites legais.


Crozara ficou ciente da prisão de Rangel depois que foi informado que o advogado do empresário, Fabiano Pimentel, entrou com um pedido de habeas corpus.


Decisão suspensa


Rangel já havia sido condenado a quatro anos e cinco meses de prisão, mas teve a sentença suspensa depois que a sua defesa entrou com um recurso de apelação para anular o julgamento.


Na época, Pimentel explicou que há um recurso a ser julgado. Por isso, a sentença não pode ser cumprida. A condenação do empresário foi proferida pela juíza Márcia Lisboa, da Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, no mês de julho deste ano.


Relembre o caso


Aida Nunes denunciou Christiano por lesão corporal na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, no bairro de Brotas, em Salvador, em dezembro de 2012. Antes disso, ela já havia dado queixa na polícia contra o ex em agosto do ano anterior, na 14ª Delegacia de Polícia da Barra.


Segundo Aida, na época da agressão, ela e o empresário já haviam terminado o relacionamento, que durou cerca de um ano e meio. Eles se encontraram em bar no Rio Vermelho, onde ela comemorava seu aniversário com amigos. Ao deixar o local, Aida relatou que entrou no carro de um amigo e só depois percebeu que Rangel estava no veículo.


Aida relatou que o ex-namorado a levou até o apartamento dele, na Barra, a espancou e a trancou em um quarto, de onde só conseguiu sair porque sabia onde estava a chave reserva. Ela pediu ajuda a uma amiga, que lhe levou para o Hospital Português, na Barra.


Na versão de Rangel, a ex-namorada estava "alcoolizada e agressiva" e os hematomas foram decorrentes de uma queda. Segundo ele, Aida "nunca se conformou com a separação".

FONTE: A Tarde
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO

TVGeral

Live Rodrigo e Gabbriel EVOLUTION
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas