Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta

Servidores do Judiciário param atividades por 24 horas

Funcionários reclamam de acúmulo de funções e sobrecarga de trabalho


29/10/2014 às 06:52h

Os servidores do Judiciário baiano pararam as atividades, por 24 horas, nesta quarta-feira (29), aderindo ao movimento nacional. Segundo a categoria, no estado, os servidores sofrem com a sobrecarga de trabalho e o acúmulo de funções. A mobilização é organizada pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário da Bahia (Sinpojud) e os funcionários públicos se reúnem em frente ao Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, durante a manhã.


Eles também pedem a ampliação dos concurso público e reposição salarial. De acordo com o Sinpojud, a manifestação foi deliberada durante o Conselho de Representantes Sindicais, no mês de setembro.


"Estamos com as comarcas todas paradas, nao está acontecendo nada. Apenas a sede do TJ funciona por conta dos cargos comissionados. Queremos denunciar à sociedade as condições em que vivem os servidores hoje. Estamos sendo obrigados a substituir outros servidores em função da aposentadoria, por exemplo. Temos defasagem de 10 mil vagas para funções como oficiais de Justiça, subescrivães, agente de proteção, administradores e escreventes", detalha Bhene Ribeiro, diretor de Assuntos Jurídicos e presidente interino do Sinpojud. Para ele, as 200 vagas abertas no último concurso não são suficiente para a melhora no serviço prestado. 

FONTE: G1 BA
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas