Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta

Wagner assina decreto que marca início da transição de governo

De acordo com Wagner, o próximo governador terá total autonomia na condução para tomar as decisões


29/10/2014 às 05:52h

Wagner assina decreto que marca início da transição de governo
Crédito: Reprodução

O governador Jaques Wagner assinou, na tarde desta quarta-feira (29), o decreto que marca o início da transição de Governo no Estado. Durante o ato, que aconteceu na sede da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, ele recebeu o governador eleito para o período de 2015 a 2018, Rui Costa, e os integrantes do Grupo de Trabalho de Transição Governamental. Em seguida, eles concederam entrevista coletiva sobre o processo de mudança de governo.


De acordo com Wagner, o próximo governador terá total autonomia na condução para tomar as decisões. “É o começo de um processo que, óbvio, vai se concluir antes do Natal. As decisões cabem a ele e à equipe dele”.


Na oportunidade, Rui Costa agradeceu ao governador pela formalização da equipe de transição. Ainda segundo ele, os servidores responsáveis pelo processo transitório têm perfil técnico. Uma das prioridades, conforme Rui, será a realização de um levantamento de dados e um balanço das ações do governo estadual em todas as áreas. “Queremos fazer uma interlocução com os orçamentos estadual e federal do ano que vem”.


A expectativa é que, até o final de novembro próximo, seja finalizado o levantamento e, ainda este ano, o projeto de reestruturação administrativa do Poder Executivo Estadual seja encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia.


Servidores da Casa Civil, Procuradoria Geral do Estado (PGE) e das secretarias do Planejamento (Seplan) e da Fazenda (Sefaz) fazem parte da equipe de transição, sob a coordenação do titular da Sefaz, Manoel Vitório. “Será um desafio. O governador [eleito, Rui Costa] quer ter certeza de que o desenho do Estado estará de acordo com as pretensões e as expectativas. Economia é um viés importante. Mas o principal é otimizar, [proporcionar] mais eficiência [e] melhorar o serviço público”, explicou Vitório.


Fazem parte da equipe de transição o secretário da Casa Civil em exercício, Carlos Mello, a procuradora do Estado, Cláudia Maria de Souza Moura, o chefe de gabinete da Sefaz, Adriano Chagas, o chefe de gabinete da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), Rodrigo Pimentel, o superintendente de orçamento público da Seplan, Claudio Peixoto, o coordenador executivo da Casa Civil, Luiz Henrique D'utra, e a superintendente em exercício de atendimento ao cidadão da Saeb, Nelma Araújo.


O decreto que estabelece o grupo de trabalho será publicado, nesta quinta-feira (30), no Diário Oficial do Estado da Bahia.  

FONTE: SECOM/BA
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas