Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta

Festa Literária atrai visitantes à cidade de Cachoeira

Entre as novidades, a festa literária passa a homenagear apenas um autor. A escolhida deste ano foi a yalorixá Maria Stella de Azevedo Santos - Mãe Stella de Oxóssi


27/10/2014 às 09:48h

Festa Literária atrai visitantes à cidade de Cachoeira
Crédito: Reprodução

Com a expectativa de receber mais de 20 mil visitantes, a 4ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) começa nesta quarta-feira (29) e continua até domingo (2), com vasta programação, reunindo autores nacionais e internacionais no Recôncavo.


Entre as novidades, a festa literária passa a homenagear apenas um autor. A escolhida deste ano foi a yalorixá Maria Stella de Azevedo Santos - Mãe Stella de Oxóssi, que vai lançar o livro ‘Abrindo a Arca’, valorizando, desta forma, a escrita e a oralidade de um dos mais tradicionais terreiros de candomblé da Bahia, o Ilê Axé Opô Afonjá, localizado no bairro do Cabula, em Salvador.


A mesa de abertura, na quarta (29), marcará o centenário do músico Dorival Caymmi, com o tema ‘O Tempo de Caymmi’. No sábado (1º), Mãe Stella compõe a mesa ‘Os Rastros de Antigos Laços’, que discute a importância do registro da história do candomblé para a religião afro-brasileira. No mesmo dia, a mesa ‘Viva João Ubaldo Ribeiro’ homenageia o escritor baiano, morto em julho deste ano, e a mesa denominada ‘Entre vielas e assombros’ reúne o baiano Dênisson Padilha Filho e o poeta e escritor angolano Ondjaki, autor de ‘Bom Dia Camaradas’.


Música


Os visitantes também vão poder se divertir ao som de música clássica, jazz e muito samba. A partir de quinta (30) serão realizados dois shows por noite. Entre as atrações, a cantora Juliana Ribeiro, as orquestras filarmônicas Lyra Ceciliana e Minerva Cachoeirana e o Grupo Samba de Criolo.


O público confere ainda uma performance do ator Jackson Costa, que interpreta poemas de várias épocas, acompanhado de uma banda de música popular contemporânea. Os shows musicais acontecem das 22 à 0h30, na Praça da Aclamação, ao lado do Conjunto do Carmo.


Com apoio do Governo da Bahia, a festa literária já se consolidou como um dos principais eventos do calendário turístico e cultural do estado. “[A Flica] proporciona visibilidade local e nacional do histórico município de Cachoeira e atração de turistas, que ocuparam 100% dos leitos dos hotéis da região”, afirma o secretário estadual do Turismo, Pedro Galvão.


A cidade


Localizada no Recôncavo, a 110 quilômetros de Salvador, Cachoeira dispõe de um importante acervo arquitetônico barroco, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e é classificada como Cidade Monumento Nacional. A cidade possui construções históricas como a Capela de Santa Bárbara, o Chafariz Imperial, a Igreja da Ordem Terceira do Carmo, a Matriz Nossa Senhora do Rosário e o sobrado da Irmandade da Boa Morte - grupo composto por mulheres negras remanescentes de escravos.


Outra peculiaridade do município é a culinária e o tradicional samba de roda, que atrai milhares de turistas e baianos. Para os visitantes que curtem a natureza, existem passeios de barco pelo leito do Rio Paraguaçu. Também é possível conhecer comunidades de quilombolas por meio do Turismo Étnico da cidade. A programação completa está disponível no site da Flica. Informações sobre hospedagem podem ser obtidas pelo número (75) 9933-3904.  

FONTE: SECOM/BA
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas