Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Moda e Beleza

todas as notíciasseta

Paulo Borges media debates em busca de novos aprendizados

Com a consultora Glória Kalil, Paulo Borges mediou o FFW Mag Fashion Tour em Feira de Santana


12/09/2014 às 11:29h

Paulo Borges media debates em busca de novos aprendizados
Crédito: Divulgação

Esta semana, Feira de Santana foi palco de um grande debate sobre moda, que faz parte da 1ª edição do FFW Mag Fashion Tour, evento que está acontecendo durante este mês na Bahia e que tem a participação de ícones do setor no Brasil. Dentre as autoridades esteve o jornalista, empresário e produtor Paulo Borges, que é criador do São Paulo Fashion Week (SPFW) e que foi o mediador das discussões, que giraram em torno principalmente das tendências sobre moda na região.


Em entrevista ao FOLHA DO ESTADO, Paulo Borges deixou claro que a realização de eventos desta expressão podem contribuir e muito para o desenvolvimento econômico da região com a troca de experiências, que podem gerar novas ideias. Criador do SPFW, maior e mais importante evento de moda da América Latina, ele atua neste evento como mediador dos debates em formato de talk-show, o que segundo o mesmo, não é uma experiência inédita. “A experiência de mediação não é nova, aliás é algo que gosto muito de fazer. Promover a conversa entre criativos é sempre uma experiência enriquecedora. Acredito que criatividade inspira mais criatividade, mesmo que eu conheça os meus convidados, que participe com eles do business da moda, esse intercâmbio que acontece nas nossas conversas e talks sempre gera um aprendizado”, observou.


O empresário acredita que mesmo como mediador, a junção de conhecimentos seus com os convidados é perfeitamente possível. “Desejo sempre que seja inspiradora para o público que participar conosco, compartilhar tempo, experiência e informação ganha sentido quando estimula novas ideias”, afirmou.


Participaram do evento em Feira o estilista Vitorino Campos participará do evento com a consultora de moda paulista, Glória Kalil. Eles participaram do bate-papo que teve como temática o Jeans e seus diálogos com a criatividade, liberdade, permanência e a indissociável relação com a moda de rua. Paulo Borges acredita que eventos como este devem aprofundar as discussões sobre a moda e, num espaço de médio a longo prazo, possam ser criados eventos de peso como o São Paulo Fashion Week. “O SPFW tem o que você chama de ‘peso’ porque nasceu com um propósito, está atrelado a uma estratégia de longo prazo, engaja os diferentes elos do mercado, aposta numa vocação do País para a moda e, é claro, está atrelado a um importante centro internacional de investimentos que é São Paulo. Não é a toa que conquistamos um espaço no cenário global e figura entre as mais importantes do mundo, considerando aqui o circuito Paris, Milão, Londres e NY. O evento acontece na mesma cidade que é o maior hub financeiro da América Latina. Todos os estados brasileiros poderão construir eventos de peso se embasarem suas propostas em: vocação, visão de longo prazo, comprometimento do setor e capacidade de atrair investimentos”, comentou.


Paulo Borges enxerga a moda como um caminho de desenvolvimento para a economia do Brasil. Para ele, o Nordeste é uma região de grande potencial, que pode ser bem explorada pelo setor. “É uma região rica em diversidade, miscigenação de culturas, isso estimula a criatividade e pode impulsionar o design. É uma região solar onde o brasileiro vive com muita intensidade a relação com o corpo, com o verão, com a cor, a moda como expressão. Além disso, a região concentra um legado cultural importante de saberes artesanais que são um pilar forte de identidade do design brasileiro”.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas