Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Copa 2014

todas as notíciasseta

David Luiz, um brasileiro como todos nós

Talento, garra e emoção são algumas das suas características


04/07/2014 às 09:56h

David Luiz, um brasileiro como todos nós
Crédito: Reprodução

Caso acontecesse nos tempos do futebol pelo rádio, em que não havia transmissão pela tevê, certamente os locutores e cronistas contariam em verso e prosa o gol de David Luiz. Certamente definiriam a cobrança de falta como a "folha 'seca" eternizada por Didi, em 1957, em lance revivido nesta sexta-feira na Arena Castelão diante de mais de 60 mil testemunhas.

 

O gol de falta não aconteceu por acaso. David treina com intensidade e repetição esse tipo de cobrança, em que procura dar à bola uma trajetória em que ela caia de repente, com efeito, para enganar o goleiro. Foi o que aconteceu.

 

- Procuro treinar muito esse tipo de cobrança. O prêmio veio com este gol, que me fez vibrar intensamente. Foi demais ver a massa comemorando comigo.

 

David Luiz é craque, zagueiro de Seleção, famoso no mundo, mas acima de tudo tem a alma e o coração de um simples torcedor. Ele extravasa toda a sua emoção a partir do momento que entra em campo e joga como se fosse mais um entre os milhões de pessoas que o estão acompanhando no estádio e por todos os cantos do país.

 

- Me sinto mais um entre todos os brasileiros que estão sonhando com o mesmo objetivo. E, como jogador, tenho o privilégio de poder colaborar para que isso aconteça. Entrar em campo com a camisa amarela, ver o povo vibrando, é demais, é muita emoção. Me faz me sentir uma pessoa especial.

 

Zagueiro que nunca foge à luta, seja em amistoso ou jogo para valer, pode-se dizer que ele 'extrapolou' contra a Colômbia. A arrancada que deu desde o seu campo, superando os adversários que se intrometiam á sua frente, com trombadas e empurrões, foi sensacional.

 

Jogador que igualmente não gosta de perder David mostra também a grandeza dos vencedores, capaz de levá-lo ao gesto carinhoso de trocar a camisa como garoto craque James Rodrigues. Não só trocou, como vestiu orgulhosamente a 10 do colombiano, e ficou longo tempo consolando o adversário que chorava convulsivamente.

 

Saiu de campo vestido com a 10 de James e aplaudido pela massa do Castelão. Ele foi o cara do jogo.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

GOV BA NEW

TVGeral

Confira como foi a a Corrida TPM Análise realizada dia 08 de março em Feira-Ba
Publicidade
GOV BA NEW
Vilage
GOV BA NEW
GOV BA NEW
GOV BA NEW
GOV BA NEW
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas