Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta

Filarmônicas e grupos populares participam da festa cívica

Dez filarmônicas e três grupos culturais vão participar do evento, registrado como Patrimônio Cultural da Bahia


01/07/2014 às 10:56h

Filarmônicas e grupos populares participam da festa cívica
Crédito: Reprodução

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), vinculada à Secretaria de Cultura (Secult), vem contribuindo para garantir a presença de manifestações musicais populares na festa cívica do 2 de julho, em Salvador. No desfile deste ano, dez filarmônicas e três grupos culturais vão participar do evento, registrado como Patrimônio Cultural da Bahia, representando diversas regiões do estado.

 

Na comemoração dos 191 anos da Independência da Bahia, nesta quarta-feira (2), o cortejo sai às 9h do Largo da Lapinha, em direção ao Terreiro de Jesus, com previsão de chegada às 11h30. As filarmônicas e os grupos estarão dispostos ao longo do percurso, apresentando seus repertórios ao público e, em seguida, se integram ao cortejo. No período da tarde, o cortejo sai às 14h da Praça Municipal em direção ao Campo Grande.


A lista de filarmônicas participantes engloba entidades que vêm de municípios de norte a sul da Bahia. Do Recôncavo, que se destaca pelas tradições musicais baianas, vêm a Lyra Ceciliana e a Sociedade Lítero Musical Minerva Cachoeirana – as duas de Cachoeira -, além da Sociedade Filarmônica Euterpe Cruzalmense, de Cruz das Almas.


Do baixo sul, participam a Associação Filarmônica Amigos da Música, de Wenceslau Guimarães, e do extremo sul, a Filarmônica Lira Santo Antônio (Flisa), de Caravelas. Do Território de Identidade do Sisal, são duas entidades - a Associação Filarmônica e Coral Juvenil 4 de Janeiro (de Itiúba) e a Sociedade Recreativa e Cultural Filarmônica 30 de Junho (Serrinha). Já do território Piemonte da Diamantina, vêm a Filarmônica 2 de Janeiro de Jacobina; do território de Irecê, a Sociedade Filarmônica 19 de Setembro de Ibipeba; e da Chapada Diamantina, a Sociedade Filarmônica Minerva, de Morro do Chapéu.


Para completar, três grupos de tradições populares também do Recôncavo apresentam riquezas culturais do território - a Barquinha de Bom Jesus dos Pobres, a Chegança dos Marujos Fragata Brasileira e a Chegança de Mouros Barca Nova Feminina, todas de Saubara.

FONTE: ASCOM/Secult
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

GOVBA 2

TVGeral

Live Rodrigo e Gabbriel EVOLUTION
Publicidade
PMFS
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas