Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Carnaval

todas as notíciasseta

Rei Momo assume poder durante Carnaval da pipoca

Folia deste ano em Salvador dá mais espaço ao folião que não tem abadá


27/02/2014 às 01:15h

Rei Momo assume poder durante Carnaval da pipoca
Foto: Divulgação / Assessoria Agecom

Mais espaço para o folião pipoca. Essa é a proposta do Carnaval de Salvador deste ano, que trará novidades democráticas como o Furdunço e o Afródromo, atraindo para a avenida foliões que querem diversão sem custo. Simbolicamente a festa começa na noite de hoje (27) com a entrega das chaves da cidade ao Rei Momo feita pelo prefeito ACM Neto.

Porém, na prática e oficialmente, a folia começou na noite de ontem (26), na Barra, com o palco montado em frente ao Farol, onde se apresentaram atrações como Orquestra Sinfônica da Bahia, Stomp, Quabales, Olodum e Baby do Brasil, e o desfile das tradições bandinhas de sopro e percussão no Circuito Sérgio Bezerra. Tudo de graça e sem cordas.
 
A entrega das chaves acontece a partir das 19h, no início do Circuito Osmar (Campo Grande), no Camarote Oficial da Prefeitura. Logo depois, a festa já começa sem cordas, comandada pelos trios do Psirico e Ara Ketu. Também tem Armandinho puxando o Trio do Rei Momo, blocos de samba, afros e independentes. No total, são cerca de 20 atrações que vão se apresentar sem cordas durante a folia, incluindo outros nomes de peso, a exemplo de Saulo, Moraes Moreira, Daniela Mercury, Pepeu Gomes, Carlinhos Brown, Ju Moraes, Luiz Caldas e Chico César, tanto nos circuitos oficiais quanto nos bairros e espaços alternativos .
 
O objetivo da Prefeitura é propagar manifestações culturais, seja na atração de antigos artistas e manifestações da música baiana, valorizando as origens do Carnaval, ou pensando na repaginação da folia para o futuro, abrindo cada vez mais espaço para quem quer brincar livremente nas ruas. Isso passa por ações como a de dar aos blocos afros, os grandes homenageados da festa este ano, o espaço nobre que eles merecem.  
 
Afródromo – No ano em que se comemoram 40 anos de desfiles de blocos afros, será colocado na avenida o Afródromo, dessa vez em horário nobre, às 18h30. Isso permitirá que as apresentações tenham maior visibilidade. Uma das principais novidades da festa, o Afródromo trará algumas das principais representações culturais de matriz africana. 
 
No domingo, desfilam Filhos de Gandhy; Comanche - Viola de Doze/Filosofia de Quintal; Muzenza; e o Comboio Afródromo, com participação de Carlinhos Brown acompanhado da bateria do Apaches do Tororó. Na segunda, entram na avenida os blocos Ilê Aiyê; Muzenza; Malê; Okambi; e Comboio Africano. Na terça, se apresentam Cortejo Afro; Filhos de Gandhy; Filhas de Ghandy; Ilê Aiyê; Muzenza; e Comboio Africano.
 
Furdunço – O Furdunço, que tem como proposta propagar as manifestações culturais através de novos e veteranos artistas da música baiana, sai na sexta-feira, no Campo Grande, entre 13h30 e 18h, e na segunda-feira, na Barra, a partir de 21h30. Pelo espaço vão passar atrações como Baby do Brasil, Paulinho Boca de Cantor, Fred Dantas, Val Macambira, Palhaços do Rio Vermelho, Chico César, Baiana System, Pepeu Gomes e Adão Negro. Serão mais de 40 atrações.
 
Blocos sem corda – Nesta quinta, o prefeito ACM Neto entrega as chaves da cidade ao Rei Momo, embalado pelo som do Psirico sem cordas para a alegria do folião pipoca, a partir das 19h, no circuito Campo Grande. Já no domingo de Carnaval, também no Campo Grande, o clima vai esquentar com as apresentações de Saulo e a Pipocafro com Ara ketu, tudo sem cordas. No dia seguinte, tomam conta das ruas as manifestações da tradicional Mudança do Garcia. No último dia de Carnaval, puxam os foliões sem cordas Tomate, desfilando pelo Inter, Eva, com seu novo líder, Felipe Pezzoni, e Nelson Rufino, que comanda o Papa.

Na quinta, na Barra, o folião pipoca terá chance de ir atrás do trio elétrico ao som de Moraes Moreira, Filhos de Jorge e Carla Cristina, também sem cordas. Na sexta, puxa a pipoca no Campo Grande a cantora Daniela Mercury, que vai fazer uma homenagem aos 100 anos de Dorival Caymmi. Ainda sem cordas, também na sexta, desfilam Luiz Caldas e a banda Psirico. No mesmo circuito, no domingo, a pipoca vai poder curtir o trio Armandinho, Dodô e Osmar, que completa 50 anos de festa.

Vila da Diversidade – A primeira edição da Vila da Diversidade é uma das grandes novidades do Carnaval para esse ano. Localizado no Largo Dois de Julho durante seis dias da festa o espaço reunirá mais de 50 atrações, como DJs, bandas, bailarinos e artistas transformistas. Todos os dias serão marcados por uma extensa programação com música eletrônica e outras apresentações culturais, como concursos de fantasia, shows de dublagem e dança.

FONTE: Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas