Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Brasil

todas as notíciasseta

Psicóloga entrevista mãe e padrasto

A expectativa é que o casal preste novos depoimentos hoje (29)


29/11/2013 às 01:36h

Psicóloga entrevista mãe e padrasto
Crédito: Reprodução/Paulo Souza/EPTV

A mãe e o padrasto do menino Joaquim, a psicóloga Natália Ponte e o técnico em TI Guilherme Longo, principais suspeitos de envolvimento na morte do garoto, foram levados no início da manhã desta sexta-feira (29) para a Delegacia de Investigações Gerais de Ribeirão Preto (SP). A expectativa é que o casal, preso há 19 dias, preste novos depoimentos durante o dia.
 

Natália chegou a Ribeirão por volta de 7h20, transferida da cadeia feminina de Franca (SP), onde está detida. Longo chegou 20 minutos depois, levado da Delegacia Seccional de Barretos (SP). A psicóloga responsável por traçar o perfil psicológico do casal também está na DIG desde as primeiras horas da manhã, mas não falou com a imprensa.

 
O delegado Paulo Henrique Martins de Castro, que chefia a investigação do caso, também não passou detalhes sobre as entrevistas, nem sobre o horário que a mãe e o padrasto de Joaquim devem deixar a DIG.
 
A especialista já se encontrou com Natália e Longo, separadamente, na última quarta-feira (27), a pedido da Polícia Civil e Ministério Público. O relatório será incluído ao inquérito e, segundo Castro, ajudará na conclusão do caso, uma vez que ainda há contradições entre os depoimentos da mãe e o padrasto de Joaquim.

FONTE: Com informações do G1
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live com Antonio Dyggs sobre o pagamento do Instagram para perfis comerciais
Publicidade
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas