Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Copa 2014

todas as notíciasseta

Brasil sofre para empatar com a Inglaterra

Moderno, com padrão europeu e lotado, o novo estádio viu partida decepcionantes dos comandados de Luiz Felipe Scolari e outro empate em 2 a 2 diante da torcida brasileira


02/06/2013 às 06:29h

Brasil sofre para empatar com a Inglaterra
Rafael Ribeiro / CBF

 

A partida entre as seleções do Brasil e da Inglaterra, que terminou empatada em 2x2, registrou um público de 66 mil pessoas. Foram vendidos 57 mil e 20 ingressos, além de 4 mil e 55 gratuidades e 4 mil e 500 cadeiras cativas. A renda total alcançou R$ 8,6 milhões, recorde no país.
 
No segundo tempo, o gol de Fred que abriu o placar aos 12 minutos criou uma falsa esperança. Os rostos dos torcedores nos telões mostravam essa expectativa, mas a Inglaterra acordou. Virou com gols de Chamberlain e Rooney aos 22 e 33, mas Paulinho, aos 37, definiu o placar e aliviou para Felipão.
 
Ao fim do jogo, a saída dos torcedores apresentou alguma dificuldade, principalmente por causa da grande quantidade de pessoas que deixou o estádio ao mesmo tempo. A rampa da saída oeste, em frente a Universidade do Estado Rio de Janeiro (UERJ), que acesso às estações do metrô e dos trens da Supervia, ficou superlotada, dificultando o deslocamento das pessoas. As ruas em torno do Estádio Jornalista Mario Filho, o Maracanã, que não foram bloqueadas, ficaram congestionadas.
 
Os torcedores que chegaram cedo ao Estádio Jornalista Mario Filho, o Maracanã, não tiveram dificuldades de entrar no estádio, apenas nos portões de acesso na Avenida Maracanã, ocorreram filas causadas pelo procedimento de segurança de passar pelos detectores de metal. No posto de troca de ingressos montado no local, alguns torcedores não conseguiram pegar o bilhete porque não sabiam que teriam de estar de posse do recibo de compra pela internet.
 
Uma torcedora, que se identificou apenas como Taiana, disse que houve falta de informação. “No site da Federação Internacional de Futebol [Fifa] não vem a informação de que era obrigatório imprimir o recibo, mas aqui eles pediram o documento e nos orientaram procurar uma lan house para imprimir o recibo. Mas se eu fizer isso não vou assistir ao jogo”.

 

 


Foto: Rafael Ribeiro / CBF

As pessoas com deficiência física tiveram dificuldades para conseguir entrar no Maracanã. Fábio Fernandes, que é cadeirante, disse ter retirado o ingresso com facilidade. Ele viu, entretanto, outras pessoas com deficiência física, que não eram cadeirantes, como deficientes visuais e auditivos, terem problemas em obter os bilhetes. Ao apresentarem suas carteiras, ouviam dos atendentes nas bilheterias que deveriam ter chegado mais cedo.
 
Eles questionaram o fato de as pessoas terem de comparecer ao estádio pela manhã para receber os ingressos, voltar para casa e à tarde retornar para poder assistir ao jogo.
 
As obras do Maracanã, iniciadas no segundo semestre de 2010, duraram quase três anos e custaram mais de R$ 800 milhões. Mesmo depois de sucessivas postergações no prazo de entrega da reforma, prevista inicialmente para ser concluída no final de 2012, o estádio foi entregue à Federação Internacional de Futebol (Fifa) no final do mês passado ainda inacabado.
 
Ontem (1º), operários ainda eram vistos trabalhando na área externa do estádio. Além do atraso na conclusão da obra, o novo Maracanã foi objeto de outras polêmicas. Na última quinta-feira (30), a Justiça fluminense chegou a impedir o jogo inaugural, atendendo a um pedido do Ministério Público para que o estádio só fosse liberado depois de comprovada a segurança e higiene para os torcedores. No mesmo dia, o governo do estado conseguiu cassar a liminar.
 

 

 

FICHA TÉCNICA - BRASIL 2 X 2 INGLATERRA

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) 
Data: 2 de junho de 2013, domingo 
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Wilmar Roldán (COL) 
Assistentes: Eduardo Diaz (COL) e Wilson Berrio (COL) 
Público: 57.280 pagantes 
Renda: R$ 8.615.730,00 
Cartão amarelo: Hulk (Brasil) 
Gols: 
Brasil: Fred, aos 11, e Paulinho, aos 36 minutos do segundo tempo 
Inglaterra: Oxlade-Chamberlain, aos 21, e Rooney, aos 33 minutos do segundo tempo

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Filipe Luís (Marcelo); Luiz Gustavo (Hernanes) e Paulinho (Bernard); Oscar (Lucas), Neymar e Hulk (Fernando); Fred (Leandro Damião) Técnico: Luiz Felipe Scolari

 

INGLATERRA: Hart; Johnson (Oxlade-Chamberlain), Cahill, Jagielka e Baines (Ashley Cole); Carrick; Walcott (Rodwell), Jones, Lampard e Milner; Rooney  Técnico: Roy Hodgson


FONTE: Vitor Abdala Repórter da Agência Brasil
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO

TVGeral

Live Mareô com canções consagrada, mesclando com o que há de melhor do ritmo na atualidade.
Publicidade
PMFGS Covid
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas