Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Geral

todas as notíciasseta

Administração Pública tem despesas curiosas

As informações foram obtidas através da nota de empenhos


20/05/2013 às 09:58h

Administração Pública tem despesas curiosas
Foto ilustrativa

 

Em matéria publicada no site Contas Abertas neste domingo (19), mostra que a Presidência da República gastou R$ 9,6 mil para a aquisição de 1,5 mil pilhas alcalinas do tipo “AAA”, tamanho palito, e 12,3 mil itens do tipo “AA”, tamanho pequeno. Os dispositivos são da marca “GP Alcalina”.

 

Foram reservados R$ 300 para a compra de duas garrafas térmicas de aço inox, com capacidade de 2,5 litros, cada. Os recipientes são da “Cadense”. A Pasta empenhou ainda R$ 1,6 mil para a aquisição de 70 apoios de punho para teclado.

 

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), por sua vez, encontrou uma solução para ter sempre canetas disponíveis a vista. O órgão reservou R$ 4,6 mil para a compra de canetas fixas, com correntes e bases auto-adesivas. Serão 450 itens da marca “Caneta Fixa”, que aceitam carga padrão “BIC”.

 

Pensando no conforto dos funcionários, a Secretaria do Superior Tribunal de Justiça (STJ) empenhou R$ 20,5 mil para a aquisição de 300 apoios para pés. A Câmara dos Deputados reservou R$ 13 mil para atender despesas com serviços de alimentação dos 50 participantes do programa Estágio-Visita, que acontece nos dias 20 a 24 de maio. A Pasta ainda empenhou R$ 6,3 mil para a compra de 40 pastas em couro natural.

 

O Senado Federal reservou R$ 150,5 mil para a aquisição de 12 aparadores de hall de entrada (R$ 27,5 mil), seis aparadores do tipo bufê (R$ 20,6 mil), 16 cadeiras para sala, do tipo Luis XV (R$ 24,6 mil), 40 cadeiras de mesa de jantar (R$ 39,1 mil), 16 cadeiras de mesa de jantar com braço (R$ 16,5 mil), cinco cadeiras para telefone (R$ 7,7 mil) e quatro mesas para copa completas (R$ 14,4 mil).

 

A Casa ainda empenhou R$ 6,4 mil para a compra de dez camas do tipo Box, da marca Ortobom e R$ 4,6 mil para a aquisição de 12 bancos de jardim em madeira ripada. Os bancos possuem encosto e capacidade para dois lugares.

 

O Contas Abertas ressaltou que, a princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas. A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas.

FONTE: Da Redação/Contas Abertas
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live Lagedor
Publicidade
Estacio  ON
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas