Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Política

todas as notíciasseta

Queiroga diz que tratamento precoce não é decisivo

Queiroga defendeu a vacinação em massa e informou que o Governo Federal tem um contrato na iminência de ser assinado para aquisição de 100 milhões de doses de vacinas da Pfizer


06/05/2021 às 03:46h

Queiroga diz que tratamento precoce não é decisivo
Crédito: Reprodução

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, apesar das limitações em diversas respostas ao ser questionado por senadores na CPI da Covid, afirmou, nesta quinta-feira, 6, que os médicos têm autonomia para tratar sobre a adoção de tratamento precoce contra a Covid-19.

 

Queiroga não respondeu a pergunta sobre ser ou não favorável, e voltou a defender a autonomia do profissional de saúde na medicação sem base em evidências científicas.

 

Vacinas

 

Queiroga defendeu a vacinação em massa e informou que o Governo Federal tem um contrato na iminência de ser assinado para aquisição de 100 milhões de doses de vacinas da Pfizer, sendo que 35 milhões devem chegar em setembro.

 

O ministro reconheceu que o Brasil precisa de “mais doses e ativismo maior do governo” junto aos países produtores para acelerar o ritmo de vacinação. “Há uma dificuldade de vacinas a nível mundial. Temos dialogado”, disse.

 

Questionado pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) se concordava com a autonomia de estados para adotar medidas de restrição, como "lockdown": “claro que eu concordo”, afirmou.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

Gov Bahia

TVGeral

Live da Esperança. Comandada pelo Frei Mário Sérgio
Publicidade
Gov Bahia
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas