Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Geral

todas as notíciasseta

Atos religiosos liberados de sexta, 26, a segunda, 1

Enquanto ficam suspensos os eventos e atividades com a presença de público, ainda que previamente autorizados, independentemente do número de pessoas, segundo o decreto, respeito à liberdade de culto, as celebrações e eventos religiosos serão permitidas até às 19h30


26/02/2021 às 02:57h

Atos religiosos liberados de sexta, 26, a segunda, 1
Crédito: Divulgação

O decreto municipal que regulamentou as medidas mais rígidas para conter as taxas de contaminação da Covid-19 em Feira de Santana, alinhando-se ao decreto estadual, isentou as celebrações religosas entre às 20 horas desta sexta-feira (26) e as 5 horas de segunda-feira (1).


Enquanto ficam suspensos os eventos e atividades com a presença de público, ainda que previamente autorizados, independentemente do número de pessoas, segundo o decreto, em respeito à liberdade de culto, as celebrações e eventos religiosos serão permitidas até às 19h30, desde que garantidos o distanciamento e demais medidas estabelecidas nos protocolos de medidas sanitárias em vigor.


Em Feira de Santana, ficam autorizados, das 17h de 26 de fevereiro até às 5h de 1 de março de 2021, somente o funcionamento dos serviços essenciais, aqueles que não admitem interrupção; e em especial as atividades relacionadas à saúde, comercialização de gêneros alimentícios, inclusive nas feiras livres, segurança e ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para a manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.


Durante o perido de vigor das medidas que limitam a circulação de pessoas, ficam permitidos:


I – o deslocamento para ida a serviço de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência;


II – a atuação dos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, nas unidades públicas ou privadas de saúde e segurança;


III – o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços até às 19h30, de modo a garantir o deslocamento dos funcionários e colaboradores às suas residências;


IV – o funcionamento dos terminais rodoviários e de transporte coletivo, bem como o deslocamento de funcionários e colaboradores que atuem na operacionalização destas atividades essenciais;


V - os serviços de limpeza pública e manutenção urbana;


VI – os serviços de entrega em domicílio (delivery) de farmácia e medicamentos, independentemente de horário;


VII – os serviços de entrega em domicilio (delivery) de alimentação até às 24 horas;


FECHAMENTOS NESTA SEXTA, 26


As atividades não essenciais deverão encerrar seu funcionamento no dia 26 de fevereiro de 2021 (sexta-feira), nos seguintes horários:


I – comércio de rua, às 17 horas;


II – bares e restaurantes, com atendimento presencial, às 18 horas;


III – shoppings, galerias de lojas e demais centros comerciais, às 19 horas.


Está proibida a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicilio (delivery), das 18 horas de 26 de fevereiro de 2021 (sexta-feira) até às 5 horas de 1 de março de 2021.


NOVAS RESTRIÇÕES A BARES E RESTAURANTES


Os bares, restaurantes e estabelecimentos de serviços de alimentação, buffets e casas de recepções e similares, nos dias e horários permitidos, deverão cumprir o seguinte protocolo de regras sanitárias, por tempo indeterminado:


I – manter o distanciamento entre as mesas, respeitando o limite de, no mínimo, 02 (dois) metros;


II – utilizar a capacidade máxima de 50% (cinquenta por cento) da área do estabelecimento;


III - garantir a disponibilidade de álcool a 70% nos estabelecimentos para os clientes, bem como sabão e papel toalha para lavagem das mãos dos clientes e funcionários;


IV – garantir higienização efetiva dos ambientes com o uso de produtos sanitizantes autorizados pela ANVISA, especialmente mesas, cadeiras e utensílios, a cada fluxo de entrada e saída de clientes;


V- garantir que todos os trabalhadores, incluindo fornecedores e prestadores de serviços, estejam em uso de máscara facial;


VI – monitorar os trabalhadores quanto a presença de sinais e sintomas gripais e encaminhá-los para o serviço de saúde para realizar a testagem laboratorial. Em situações de confirmação para COVID-19, afastar o trabalhador das usas atividades laborais e orientá-lo a cumprir com o período de isolamento social;


VII – proibir mais de 04(quatro) pessoas em uma única mesa;


VIII – não permitir aglomerações localizadas, caracterizadas pela presença de mais de uma pessoa por 2m². 

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

PMFS

TVGeral

Live Show Gilsam e convidados ‘De Bob Marley a Lucas da Feira’
Publicidade
Gov Bahia
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas