Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Política

todas as notíciasseta

Rui Costa e ACM Neto buscam votos para aliados

O clima da campanha na cidade está cada vez mais quente. Circulou nesta semana uma fake news em Feira de Santana afirmando que, caso eleito, Zé Neto iria fechar os templos religiosos do município como forma de combater a Covid-19


28/11/2020 às 07:51h

Rui Costa e ACM Neto buscam votos para aliados
Crédito: Divulgação

O clima da corrida eleitoral em Feira de Santana segue com troca de acusações entre os candidatos Colbert Martins (MDB) e Zé Neto (PT) e os seus aliados. Ambos contam com cabos eleitorais de luxo, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que desde o início do 2º turno marcam presença e circulam pela cidade em busca de mostrar força e atrair votos para os candidatos.

 

Neto participou, nesta sexta-feira, 27, de uma carreata ao lado do prefeito Colbert Martins, que tenta a reeleição, e comentou a campanha de segundo turno em Feira e em Vitória da Conquista. “Eleição é isso aí. Sempre disse que as duas disputas seriam duras. Eleição só se define após o resultado”, afirmou Neto.

 

Fake news

 

O clima da campanha na cidade está cada vez mais quente. Circulou nesta semana uma fake news em Feira de Santana afirmando que, caso eleito, Zé Neto iria fechar os templos religiosos do município como forma de combater a Covid-19. A notícia falsa gerou grande repercussão no município e, para negar a informação, Rui Costa e Zé Neto foram se encontrar com o arcebispo católico de Feira, Dom Zanoni Demettino.

 

“Zé Neto é católico e tanto ele como Roque (candidato a vice), são homens de família, cristãos e sempre defenderam a liberdade religiosa. Que os feirenses votem pensando em suas famílias, na fé em Deus e na mudança que esperam acontecer na cidade”, reforçou o governador, após o encontro com o representante da Igreja Católica.

 

Forte polarização

 

O cientista político e professor da Unilab, Cláudio André, aponta o clima de forte polarização como o fator decisivo para o acirramento dos ânimos entre os candidatos, como de apoiadores.

 

“Eu vejo que esse cenário, que envolve aí meios lícitos e ilícitos, diz respeito a um cenário muito polarizado e ao mesmo tempo muito em aberto, muito indefinido. Porque o que se fala em relação às pesquisas internas feitas no município é que há uma polarização ali, em que os dois se colocam na disputa voto a voto. Isso gera nos apoiadores, e na sociedade em geral, esse sentimento de vale-tudo”, diz.

 

Para ele, a presença de Neto e Rui tem a perspectiva de disputar cidades importantes em população, orçamento, PIB per capita e, obviamente, de um cálculo político do porvir, das eleições 2022”.

 

Colbert e Zé Neto participaram de uma debate promovido pela TV Subaé, afiliada da Rede Globo, na noite de sexta-fera (27).

FONTE: A Tarde Online
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Desafio dos Craques, com a presença de Jorge Wagner
Publicidade
Corre que cura
DESAFIO CORRER É VIDA
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas