Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Educação

todas as notíciasseta

Estudantes da rede estadual recebem vale-alimentação

Para o acesso ao benefício, o estudante deverá usar o mesmo cartão utilizado anteriormente, com a bandeira Alelo


26/10/2020 às 04:37h

Estudantes da rede estadual recebem vale-alimentação
Reprodução.

Os estudantes da rede estadual de ensino de toda a Bahia já estão realizando compras com a quarta parcela do vale-alimentação, cujo crédito, no valor de R$ 55 por estudante, foi liberado nesta segunda-feira (26). Nesta nova parcela, assim como nas três anteriores, foram destinados mais R$ 44 milhões, totalizando um investimento de R$ 176 milhões de recursos próprios do Estado.


O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou da importância do benefício. “Mesmo em um momento de perda de arrecadação no Estado, o Governo da Bahia destina mais 44 milhões de reais para o auxílio vale-alimentação, visando a segurança alimentar dos estudantes da rede estadual: aproximadamente 800 mil. Além disto, a iniciativa contribui para movimentar a economia, em todos os 417 municípios baianos, distritos e povoados”, afirmou.


Para o acesso ao benefício, o estudante deverá usar o mesmo cartão utilizado anteriormente, com a bandeira Alelo. As compras podem ser realizadas em mais de 18 mil estabelecimentos. O recurso é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite, sendo que a aquisição dos alimentos é de livre escolha dos estudantes.


A dona de casa Tatiana Silvestre Lima, 37, mãe do estudante Henrico Augusto Silvestre, 14, que possui deficiência auditiva e cursa o 6º ano, no Colégio Estadual Mestre Moa do Katendê, em Salvador, foi cedo com seu filho, na unidade da Cesta do Povo do bairro Ogunjá, para fazer as compras de alimentos. “Gostei muito da iniciativa do governo em nos beneficiar com mais uma parcela do vale-alimentação. Este valor de R$ 55 vai ajudar muito nas despesas de casa”, afirmou.


Quem também já garantiu a sua compra é a estudante Ana Clara de Jesus, 20, 3º ano, do Colégio Estadual Cidade de Curitiba, também em Salvador. “Moro sozinha com a minha mãe, que é aposentada, e este benefício ajuda muito nas despesas, pois priorizo alimentos como feijão, arroz, café, açúcar e macarrão, entre outros, que servem para nós duas”, disse, após utilizar o vale-alimentação na Cesta do Povo do Ogunjá.

 

A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que vá ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia pelo novo Coronavírus.

 

Em caso de dúvidas, o estudante pode entrar em contato com a escola onde está matriculado. A secretaria também disponibiliza os canais da Ouvidoria pelo 0800 284 0011, pelo e-mail [email protected] ou pelo Fale com a Ouvidoria, disponível no Portal da Educação.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas