Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Cultura e Eventos

todas as notíciasseta

Coletivo de teatro feirense lança revista eletrônica

O propósito da revista é mirar, compreender e atravessar todas as experiências compartilhadas pelos profissionais convidados, trazendo conhecimentos para o corpo e para a mente dos atuadores da companhia, além da multiplicação desses saberes


22/10/2020 às 03:16h

Coletivo de teatro feirense lança revista eletrônica
Crédito: Divulgação

Para ampliar os horizontes do fazer teatral, a Coletiva de Teatro Insurgente lança a revista online A Miragem. Com ciclos de conversa programados entre os dias 22 de outubro e 23 de novembro, o novo projeto da companhia convida diretores, atores, figurinistas, cenógrafos e demais profissionais ligados às artes cênicas para bate-papos transmitidos ao vivo através do Facebook (@coletivadeteatroinsurgente - Produções teatrais) e do canal da Coletiva no YouTube (TV COLETIVA de Teatro Insurgente).


O propósito da revista é mirar, compreender e atravessar todas as experiências compartilhadas pelos profissionais convidados, trazendo conhecimentos para o corpo e para a mente dos atuadores da companhia, além da multiplicação desses saberes. Principalmente no cenário feirense, sede da companhia. Em tempos de pandemia, quando teatros e demais espaços voltados para apresentações artísticas estão com as atividades paralisadas, unir todas essas potências no aqui e agora se tornou essencial para manter a criação ativa.

 

As plataformas digitais e as novas tecnologias se tornaram aliadas potentes para romper fronteiras físicas e proporcionar a construção de novas alianças. Em seus dois anos de existência, a Coletiva de Teatro Insurgente sempre percebeu a necessidade de compreender os processos de produção, criação, das áreas técnicas e de todos os campos importantes para o universo teatral. Todos esses processos e ofícios possibilita algo vital para o teatro: a presença. Um espetáculo só pode ser realizado a partir do encontro de pessoas. Para a companhia, teatro é multidão.


A Miragem busca trazer novas perspectivas sobre cada uma dessas áreas, compreendendo todos os campos enquanto linguagem e potência de criação. A revista é um projeto feito para unir forças com amor, humor, beleza e fúria.


A Coletiva de Teatro Insurgente


Localizada na sertaneja cidade de Feira de Santana, a Coletiva de Teatro Insurgente tem como fundamento a linguagem antropofágica de Oswald de Andrade e a roseana, de Guimarães Rosa. Desde 2018 a companhia incorpora em seus trabalhos de teatro-ritual a música, as artes plásticas e a dança em processos de co-criação entre artistas.
A Coletiva iniciou seus trabalhos com a apresentação de Cenas Negras Insurgentes no Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.

 

Em 2019, a Coletiva apresentou Leituras Dramáticas em Tempos Urgentes, no Centro de Cultura Amélio Amorim, e a cena curta “Para Ver a Luz do Sol” no Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira (MAC). No mesmo ano, a companhia realizou o projeto Conversação Cênica, fruto do intercâmbio artístico-cultural realizado pelo encenador, produtor e diretor de arte Joel Carlos no Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (FIAC).


Esse ano a companhia promoveu a ação Conversação Cênica & Leituras em Coletiva, com leituras dramáticas e ciclos de lives com artistas convidados. A Coletiva conta com uma estação de rádio no Spotify (Rádio Coletiva) e um canal de TV no Youtube (TV COLETIVA de Teatro Insurgente), com interpretações de textos de autores como Conceição Evaristo, Marcelino Freire e Waly Salomão. A Coletiva de Teatro Insurgente possui perfil no Facebook (@coletivadeteatroinsurgente - Produções teatrais) e no Instagram (@coletivadeteatroinsurgente).

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas