Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Ciência e Tecnologia

todas as notíciasseta

Startups se unem para inaugurar espaço de inovação

Iniciativa pretende tornar cidade o maior polo de tecnologia do interior do Nordeste


17/09/2020 às 05:09h

Startups se unem para inaugurar espaço de inovação
Crédito: Divulgação

Em 2016 nascia, em Feira de Santana, um movimento formado por pessoas que tinham o objetivo de fomentar o ecossistema de inovação local, iniciativa que foi nominada de Santana Valley. Hoje, 4 anos após a sua criação, o grupo se prepara para dar um grande passo com potencial de transformar a cidade no maior polo de tecnologia do interior do Nordeste.


O grupo que em seu nome faz referência ao maior polo de inovação do mundo, o vale do silício (Silicon Valley), atualmente é composto por mais de 30 startups locais, e também conta com a participação e o apoio de representantes de entidades como o SEBRAE, ACEFS, governos e universidades.


O Santana Valley tem sido responsável por colocar Feira de Santana em destaque no cenário de tecnologia através de diversos eventos e Startups que já se tornaram reconhecidas nacionalmente. Esse movimento também impacta positivamente a economia local gerando centenas de empregos qualificados e trazendo dinheiro externo para nossa economia, uma vez que a maioria dos serviços são prestados para clientes de fora da cidade.


Hoje, o grupo se prepara para dar um novo passo. Em um cenário de crescimento rápido, inclusive em plena pandemia causada pelo novo coronavírus, as startups se uniram para a criação de um espaço de inovação na cidade, com objetivo de proporcionar a troca de conhecimentos, formação de novos profissionais e o nascimento de novos negócios de base tecnológica.


Para Breno Caires, fundador da Startup Conexa e um dos entusiastas do novo Hub de inovação, a inauguração de um espaço físico irá proporcionar benefícios incalculáveis, não apenas para o crescimento das startups já existentes, mas para toda cidade com o surgimento de novas empresas, formação de profissionais qualificados e a atração de investimentos externos.


A proposta do Hub de inovação, que será inaugurado nas próximas semanas, é também se tornar um polo de formação profissional onde serão ofertados cursos gratuitos para pessoas de baixa renda. Segundo Ellen Monteiro, consultora do Sebrae, essa iniciativa não apenas ajudará a sociedade como também as próprias startups que têm enorme dificuldade em contratar profissionais qualificados, como programadores e especialistas em inside sales.


Ainda segundo Breno, o momento é de unir forças com entes públicos e privados, instituições de ensino, empresas e tantos outros que tenham interesse em contribuir de alguma forma para o sucesso da iniciativa. 

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO 1020

TVGeral

Debate entre os candidatos a vice-prefeito de Feira de Santana
Publicidade
PMFS
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas