Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta

Baianos viajam mais para tratamento de saúde que por lazer

Na Bahia, 32,9% das viagens pessoais, em 2019, foram para visitar parentes ou amigos (466 mil viagens)


12/08/2020 às 04:21h

Baianos viajam mais para tratamento de saúde que por lazer
Crédito: Reprodução

Assim como ocorreu no Brasil em geral e em todos os estados, as viagens realizadas pela população baiana em 2019 foram majoritariamente com fins pessoais: 87% das viagens originadas no estado tiveram essa finalidade (ou 1,417 milhão de um total de 1,629 milhão). No Brasil como um todo, as viagens para fins pessoais representaram 86,5% do total em 2019.


Visitar parentes ou amigos foi o principal motivo citado para as viagens pessoais, tanto no país (em 36,1% delas) quanto em 25 das 27 unidades da Federação. Na Bahia, 32,9% das viagens pessoais, em 2019, foram para visitar parentes ou amigos (466 mil viagens). Apenas em Sergipe e no Maranhão esse não foi o motivo mais citado para viagens pessoais.


No país como um todo, o segundo motivo mais citado para viagens pessoais foi o lazer (31,5% das viagens), mas na Bahia esse posto ficou com tratamento de saúde e bem-estar, apontado como principal motivo para 29,1% das viagens pessoais partindo do estado (412 mil em números absolutos).


O percentual de viagens pessoais para tratamento de saúde na Bahia (29,1%) foi o quarto mais elevado entre as unidades da Federação, ficando atrás apenas dos verificados em Sergipe (37,0% das viagens pessoais foram para tratamento de saúde, principal motivo do estado), Maranhão (33,0%, também o principal motivo no estado) e Acre (20,2%). No país como um todo, 17,5% das viagens pessoais foram para tratar da saúde, terceiro motivo mais citado.


O lazer é o terceiro motivo mais citado para viagens pessoais originadas na Bahia (23,7% do total ou 335 mil). 

 

Os motivos para viagens de cunho pessoal menos citados na Bahia foram eventos familiares ou de amigos (apontado como causa de 1,9% das viagens pessoais ou 27 mil) e religião ou peregrinação (2,4% das viagens pessoais saindo do estado tiveram esse motivo, ou 35 mil em números absolutos).

 

No Brasil, esses também foram os dois motivos menos citados, mas em ordem inversa: religião ou peregrinação foi o menos frequente (citado para 2,9% das viagens pessoais) e eventos familiares ou de amigos veio em seguida (3,0%). 

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO

TVGeral

Live Mareô com canções consagrada, mesclando com o que há de melhor do ritmo na atualidade.
Publicidade
PMFGS Covid
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas