Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Covid-19

todas as notíciasseta

Pandemia da Covid-19 completa cinco meses em Feira de Santana

Em 6 de março, o primeiro caso de coronavírus na Bahia é registrado em Feira de Santana: uma mulher de 34 anos


06/08/2020 às 10:39h

Pandemia da Covid-19 completa cinco meses em Feira de Santana
Crédito: Luiz Tito

Ao longo dos meses, as pessoas têm vivido e aprendido com a nova realidade imposta. Quando, em dezembro de 2019, um quadro de pneumonia de origem ainda desconhecida foi identificado na China, pouco se sabia. Atribuiu-se a este novo “inimigo invisível” o nome de Covid-19. Acreditava-se que o Brasil não seria afetado, já que o clima seria pouco favorável ao vírus. Contudo, no final de fevereiro surgiu o primeiro caso confirmado em São Paulo.


Como medidas de achatamento da curva, foram determinadas várias medidas para conter o vírus. O resultado disso foi a geração de tempo para que todos pudessem adequar a estrutura de saúde para o desconhecido: leitos hospitalares foram criados em curtíssimo espaço de tempo, assim como também evidenciou os problemas estruturais e de materiais. Com a evolução da crise foi destacado também o trabalho dos recursos humanos especializados em saúde.


Nesse período também foi evidenciado a importância das relações interpessoais. A valorização dos sorrisos, agora, escondidos por máscaras, assim como o distanciamento social virou um ato de proteção e cuidado com o próximo.


Em uma pequena análise, pode-se destacar como principal conquista a valorização das pessoas, do profissional de saúde e do serviço por ele desempenhado.


As lágrimas também devem ser destacadas. Foi nesse contexto que também houve muitas perdas irreparáveis de entes queridos, colegas, amigos, vizinhos e até mesmo aquele ídolo inalcançável. E até o consolo, o abraço fortalecedor ficou diferente, distante.


Atualmente, tem se vivido o “novo normal”. Novo modo de viver, seja no lado profissional ou pessoal, teve uma mudança significativa, como surgimento do advento do home office, que trouxe para as pessoas a capacidade de sair de suas rotinas. Destaca-se a capacidade de adaptação do ser humano em apenas cinco meses.


O que se pode entender e pegar desse tempo? Sem dúvida uma lição simples: valorizar a coletividade e as relações interpessoais.


Agora, caminhando para o sexto mês, foi percorrido um longo caminho (como se pode observar na linha do tempo da Covid-19 publicada nessa página) as pessoas aguardam ansiosamente as vacinas, que já se encontram em fases avançadas de estudo, como um símbolo de esperança, segurança e calmaria.


Linha do tempo da Covid-19 em Feira de Santana


06/03 - Primeiro caso de coronavírus na Bahia é registrado em Feira de Santana: uma mulher de 34 anos;


13/03 - Decreto sobre situação de emergência em Feira determinando a obrigação do isolamento social e a quarentena em todo o município;


13/03 - Suspensão de eventos, visitas a pacientes em hospitais e UPAs, redução de transportes públicos;


17/03 - Governador publica decreto limitando a 50 o número de pessoas em templos religiosos;


18/03 - Decreto de fechamento de escolas;


24/03 - Determinação de fechamento de bares e restaurantes;


28/03 - O comércio de Feira de Santana foi fechado, pela primeira vez;


06/04 - Decreto que fecha o comércio é prorrogado;


20/04 - Foi autorizada a reabertura de lojas com até 200 metros quadrados de área;


30/04 - FOLHA DO ESTADO lança campanha incentivando feirenses a priorizarem as pequenas empresas da cidade;


04/05 - Prorrogado decreto sobre funcionamento do comércio;


04/06 - Hospital de Campanha começa a atender pacientes com covid-19;


05/06 - Lançada a Operação Viva a Vida;


06/06 - A cidade registra os primeiros mil casos;


19/06 - Feira ultrapassa a marca de 2 mil casos confirmados;


26/06 a 28/06 - Feira atinge o pico da pandemia com 1.065 casos em uma semana;


03/07 - Mais de 4 mil casos são registrados na cidade;


09/07 - Governador propõe Toque de Recolher em Feira e outras cidades baianas;


11/07 - Número de casos da Covid-19 em Feira de Santana já passam de 5 mil;


13/07 a 19/07 - Cai em 30% número de infectados por covid-19 na cidade


15/07 - Medidas de restrições econômicas definidas pelo Governo do Estado, incluindo o toque de recolher, passaram a valer em Feira de Santana;


15/07 - Hospital Clériston 2 é inaugurado para atender exclusivamente pacientes com a doença;


20/07 - Decreto da reabertura alternada de estabelecimentos comerciais, em Feira de Santana;


20/07 - Feira de Santana supera 6 mil casos da Covid-19;


20/07 - Número de mortos na cidade já passa de 100;


21/07 - Com acordo com FBF, prefeitura de Feira de Santana libera Joia da Princesa para jogos;


27/07 - Autorizada a volta de aulas práticas em autoescolas, cursos profissionalizantes e de idiomas em Feira de Santana;


30/07 - Feira de Santana ultrapassa 7 mil casos da Covid-19;


04/08 - Prefeitura autoriza a reabertura de lanchonetes e restaurantes.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO

TVGeral

Live Rodrigo e Gabbriel EVOLUTION
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas