Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Lutas e Artes marciais

todas as notíciasseta

Encaradas duras e provocação marcam a pesagem do UFC

Dos oito atletas brasileiros escalados para o evento, apenas Francisco Massaranduba não bateu o peso - ficou 1,8kg acima do limite dos pesos-leves


24/07/2020 às 03:43h

Encaradas duras e provocação marcam a pesagem do UFC
Crédito: Reprodução

O quarto e último evento do mês de estreia da "Ilha da Luta" no UFC teve uma pesagem marcada por encaradas duas, provocação e um estouro inédito de peso na organização. Francisco Massaranduba, pela primeira vez em 22 lutas no UFC, não conseguiu bater o peso - foi o único dos 30 atletas escalados a estourar o limite de sua categoria.

 

Protagonistas da luta principal, os pesos-médios Robert Whittaker, da Austrália, e Darren Till, da Inglaterra, fizeram uma encarada tensa e provocativa. Till não desviou o olhar de Whittaker nem mesmo quando eles deveriam posar para as fotos olhando para os fotógrafos. No fim, no entanto, eles se cumprimentaram rapidamente.

 

Outra encarada dura aconteceu entre o escocês Paul Craig e o russo Gadzhimurad Antigulov. Acostumado a pressionar seus adversários durante a encarada, Craig viu Antigulov não recuar e provocá-lo de volta. Os seguranças e o matchmaker Sean Shelby tiveram trabalho para evitar que houvesse agressões de ambas as partes.

 

Entre os brasileiros, as encaradas mais duras aconteceram entre Bethe Correia e a sueca Pannie Kianzad e entre Alex Cowboy e o alemão Peter Sobotta. Nas duas, os atletas quase tocaram as testas, mas não foi necessária a intervenção dos seguranças.

FONTE: Combate
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO

TVGeral

Live Rodrigo e Gabbriel EVOLUTION
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas