Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Internacional

todas as notíciasseta

Festas ilegais começam ganhar força na Europa

Ajuntamentos e festas ilegais levantam preocupações entre as autoridades de Saúde


26/06/2020 às 03:25h

Festas ilegais começam ganhar força na Europa
Crédito: Reprodução

À medida que a Europa avança com o desconfinamento, vão aumentando as queixas quanto a festas ilegais um pouco por todos os países. Desde as ruas de Londres, às praias de Portugal, centenas de pessoas se têm reunido, colocando em risco a contenção da propagação do novo coronavírus.


A vontade de regressar à normalidade é muita, mas este tipo de ajuntamento levanta preocupações entre os especialistas de Saúde.

 

Em declarações à Reuters, a chefe da polícia londrina, Cressida Dick, afirma que as autoridades têm sentido dificuldade em dispersar as multidões.

 

"Vimos um largo número de pessoas a infringir por completo as recomendações das autoridades de Saúde, dando a ideia de que não se importam minimamente com a saúde deles e dos familiares", admite.

 

Na quinta-feira (25), no Reino Unido, após o jogo que consagrou o Liverpool como campeão inglês, o distanciamento social foi completamente esquecido entre os torcedores.

 

Em Portugal, as autoridades também já foram obrigadas a intervir, sendo que uma festa ilegal na praia de Lagos, no Algarve, originou mais de 111 casos de infecção pelo novo coronavírus. Ajuntamentos em Braga e no Porto durante o passado fim de semana também deram o alerta e levaram a um reforço da necessidade de manter as regras de distanciamento social.

 

Berlim, na Alemanha, não foi exceção e também lá se reuniram centenas de pessoas para dançar e viver a noite, pela qual o país é característico. "As pessoas estão desejosas de contato social", disse um DJ, residente em Berlim, à Reuters.

 

Estes ajuntamentos não-autorizados levantam preocupações entre as autoridades, que temem que os jovens - que frequentemente apresentam sintomas ligeiros ou são assintomáticos - transmitam o vírus sem darem conta disso.

 

De acordo com o virologista português Celso Cunha, em declarações à Reuters, estes tipos de eventos tornam impossível a adequada testagem e rastreio do vírus. 

FONTE: Noticias ao Minuto
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live Afrodisíaco com Pierre Onassis
Publicidade
Estacio  ON
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas