Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Esportes

todas as notíciasseta

Corinthians perde patrocínio da Caixa

Relação entre Lula e Corinthians vira argumento para ação que derrubou patrocínio da Caixa


01/03/2013 às 02:06h

Corinthians perde patrocínio da Caixa
Patrocínio da Caixa foi suspenso por conta do processo; autor da ação cita ex-presidente | Daniel Augusto Jr | Ag. Corinthians

 

O advogado que conseguiu barrar o patrocínio da Caixa ao Corinthians apontou, entre outras coisas, a relação “pública e notória” entre o clube e o ex-presidente Lula como um dos motivos pelo qua o contrato teria de ser cancelado. A argumentação consta no despacho do juiz que, na última quinta, atendeu ao pedido do advogado Antonio Beiriz e suspendeu o acordo entre o banco estatal e o clube do Parque São Jorge.

 

“[O autor da ação] argumenta que é público e notório o vínculo do torcedor do Corinthians à figura do ex-presidente Lula, de modo que o patrocínio soaria como promoção pessoal, ainda que subliminarmente, constituindo violação ao Princípio da Moralidade Administrativa a escolha por um clube ligado à figura do ex-presidente, que intermediou contratos milionários do BNDES em favorecimento a particulares e em detrimento do patrimônio público”, diz o despacho do juiz Altair Antonio Gregório, daVara Federal do Rio Grande do Sul.

 

A decisão liminar exige que a Caixa suspenda o pagamento ao clube, que recebe R$ 30 milhões por ano da empresa. Em sua sentença, no entanto, o juiz ignora a citação à relação entre Lula e o Corinthians, e por isso não é possível saber se ele concordou com a afirmação do autor da ação.

 

O político petista é corintiano fanático e sua relação com o clube é conhecida. Lula sempre foi próximo do ex-presidente alvinegro Andrés Sanchez, e essa conexão havia sido apontado como a explicação para o acordo com a Caixa na época do lançamento do compromisso.

 

“Eu não vejo, sinceramente, esse tipo de relação. O presidente Lula é um grande corintiano, mas não é do meu conhecimento que ele tenha algo a ver com esse contrato”, disse Luiz Alberto Bussab, diretor de negócios jurídicos do Corinthians.

 

Esta não é a primeira vez que Beiriz ataca Lula em uma ação judicial. Nos últimos anos, ele moveu ações públicas contra o político, a Petrobras e até a União, sempre alegando mau uso dos recursos públicos. E foi justamente o argumento da gestão indevida que, aparentemente, convenceu o juiz responsável.

 

Beiriz entrou na Justiça por entender que a Caixa não teria nenhum benefício ao investir em um clube de futebol, e que agindo assim estaria infringindo as normas que regem a publicidade dos órgãos públicos.

 

 

FONTE: Com Informação do UOl
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live com Antonio Dyggs sobre o pagamento do Instagram para perfis comerciais
Publicidade
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas