Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Micareta

todas as notíciasseta

Produção industrial baiana tem queda histórica em abril

Os resultados refletem os efeitos do isolamento social para controle da pandemia de Covid-19, com a paralisação ou redução expressiva das atividades em várias unidades produtivas


09/06/2020 às 12:21h

Produção industrial baiana tem queda histórica em abril
Crédito: Reprodução

Em abril, a produção industrial da Bahia mostrou as maiores quedas da série histórica da Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), iniciada em 2002, tanto frente ao mês anterior (-24,7%), descontados os efeitos sazonais, quanto na comparação com o mesmo mês do ano anterior (-26,5% em relação a abril de 2019).


Os resultados refletem os efeitos do isolamento social para controle da pandemia de Covid-19, com a paralisação ou redução expressiva das atividades em várias unidades produtivas.


De março para abril, o recuo da atividade fabril na Bahia (-24,7%) foi mais intenso que o nacional: a produção industrial brasileira teve queda de -18,8% nessa comparação, também a mais acentuada da série histórica. Houve recuos em 13 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE.


Amazonas (-46,5%) e Ceará (-33,9%) tiveram as maiores retrações, enquanto a indústria voltou a crescer no Pará (4,9%) e em Goiás (2,3%), após as quedas verificadas na passagem de fevereiro para março. Nesse confronto, a Bahia teve a 5a maior retração.


Em relação a abril de 2019, a produção industrial baiana (-26,5%) caiu um pouco menos que a nacional (-27,2%), mostrando o primeiro resultado negativo no ano de 2020, depois de três altas nesse confronto (+8,0% em janeiro, +6,9% em fevereiro e +5,8% em março).


Dentre as 15 áreas pesquisadas, 13 tiveram quedas (a da Bahia foi a 9a), com destaque mais uma vez para Amazonas (-53,9%) e Ceará (-53,0%). Pará (37,6%) e Goiás (0,4%) foram também os únicos a apresentar resultados positivos.


Com o resultado de abril, a produção da indústria baiana já mostra queda acumulada de -1,8% no ano de 2020, na comparação com o mesmo período de 2019. O resultado é melhor que o do Brasil como um todo (-8,2%).


Nos 12 meses encerrados em abril, a produção industrial baiana também se mantém no negativo (-2,5%), frente aos 12 meses imediatamente anteriores. O resultado está pouco acima do verificado no Brasil como um todo (-2,9%). 

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

BAHIA AQUI É TRABALHO

TVGeral

Live Mareô com canções consagrada, mesclando com o que há de melhor do ritmo na atualidade.
Publicidade
PMFGS Covid
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas