Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Brasil

todas as notíciasseta

Petição no TST tenta acordo para fim de greve nacional

Os petroleiros estão em greve nacional desde 1 de fevereiro. A categoria compromete-se a interromper o movimento, mas somente se a Petrobrás suspender as demissões na Fafen-PR


13/02/2020 às 06:09h

Petição no TST tenta acordo para fim de greve nacional
Crédito: Reprodução

O Departamento Jurídico da Federação Única dos Petroleiros (FUP) deu entrada na tarde desta quinta-feira (13) no Tribunal Superior do Trabalho (TST) em uma petição direcionada ao ministro Ives Gandra. O documento propõe soluções para o impasse entre a Petrobrás e os petroleiros, que estão em greve nacional desde 1 de fevereiro.


Na petição, a categoria reforça que está disposta a negociar e suspender o movimento, como propõe desde antes de a greve ser deflagrada. Entretanto, a suspensão do movimento somente ocorrerá se a Petrobrás suspender imediatamente as dispensas coletivas na Fafen-PR; suspender a aplicação das novas tabelas de turno em suas unidades operacionais e também de suas subsidiárias; e retomar as negociações sobre estes e outros temas relativos ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), com garantia de que esse período de negociação não seja inferior a 30 dias, prorrogáveis por mais 30.


Com isso, os petroleiros esperam sensibilizar o ministro Ives Gandra, que se dispôs a mediar o impasse entre a categoria e a Petrobrás.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live Lagedor
Publicidade
Estacio  ON
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas