Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,678
Euro:   R$ 4,342
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Lutas e Artes marciais

todas as notíciasseta


Dos Anjos relembra dificuldades nos meio-médios

Brasileiro chegou a adiar sonho de comprar uma casa na época do cancelamento de luta com Conor McGregor, em 2016


05/06/2018 às 10:30h

Dos Anjos relembra dificuldades nos meio-médios
Crédito: Reprodução

Ex-campeão peso-leve do UFC, Rafael dos Anjos vai em busca do segundo cinturão do Ultimate no próximo sábado, quando enfrenta o americano Colby Covington pelo título interino dos pesos-meio-médios. Mas quem vê o brasileiro prestes a fazer história, não sabe dos obstáculos que ele teve que superar nos últimos dois anos.

 

Em fevereiro de 2016, quando ainda era o dono do título dos leves e estava prestes a enfrentar o então campeão dos penas, Conor McGregor, em uma superluta, Rafael sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo, que o obrigou a sair do confronto. Na época, o brasileiro iria realizar o sonho da família de ter uma casa própria nos EUA. O contrato já estava pronto para ser assinado, mas com o cancelamento do confronto, ele precisou adiar os planos.

 

- Foi uma sucessão de coisas. A gente estava fazendo planos (de mudar de casa), a luta já ia acontecer em duas semanas e então, acho que por toda a história, 35 lutas, mais de 30 lutas, e nunca tinha cancelado nenhuma luta por lesão. E foi uma coisa assim, muito boba. Foi um cara que eu já não estava feliz em treinar com ele, já não queria treinar com ele, e no final do sparring ali todo mundo pegou um parceiro pra treinar e só sobrou esse cara. Eu olhei assim e só tinha o cara, eu não queria fazer com o cara. “Ah faz mais um com o cara aí”, eu resolvi fazer e aconteceu. E aí é aquilo, tudo o que você estava planejando...seria uma luta que iria me dar um retorno financeiro bom, que eu poderia depois dessa luta fazer lutas mais estratégicas, ganhar uma grana forte aqui e ali, então seria uma luta, como a gente fala no Brasil, "pra botar meu burro na sombra". Mas não era a hora, eu precisava conhecer pessoas, ver outras coisas. E agora passando, a gente olha pra trás e começa a ver que os pensamentos que Deus tem pra gente não são os nosso pensamentos. A gente pensa vendo aqui, Deus pensa vendo lá. São os planos, então teve que acontecer isso, foi um momento bem difícil, mas eu dei a volta por cima - relembra.

FONTE: Combate
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Na última quarta-feira(20) foi inaugurada em Feira de Santana na Bahia a nova sede administrativa e espaço do revendedor do O Boticário
Publicidade
Bruno Best Travel
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas