Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,256
Euro:   R$ 4,017
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Geral

todas as notíciasseta


Missa e lançamento da Campanha da Fraternidade dão início a Quaresma

Dom Zanoni: “é um tempo de penitência e profunda reflexão”


14/02/2018 às 01:19h

Missa e lançamento da Campanha da Fraternidade dão início a Quaresma
Crédito: Mário Sepúlveda/FE

Passadas as festas carnavalescas começou nesta quarta-feira (14) a Quaresma, período correspondente a 40 dias, onde a comunidade católica se prepara para a Semana Santa, momento que marca a morte e a ressureição de Jesus Cristo. Em Feira de Santana, o dia teve uma programação cheia com a Missa de Imposição de Cinzas e o lançamento da Campanha da Fraternidade 2018, eventos que movimentaram a comunidade com a presença de milhares de fiéis que lotaram a Catedral Metropolitana e outras igrejas da cidade.

 

A Quarta-feira de Cinzas representa o primeiro dia da Quaresma no calendário gregoriano, podendo também ser designada por Dia das Cinzas e é uma data celebrada por alguns elementos da comunidade cristã. A palavra quaresma vem do latim e significa quadragésima, é o período de quarenta dias que antecedem a festa ápice do cristianismo: a ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no Domingo de Páscoa.

 

Neste dia, é celebrada a tradicional missa das cinzas. As cinzas utilizadas neste ritual provêm da queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior. A estas cinzas mistura-se água benta. De acordo com a tradição, o celebrante desta cerimônia utiliza essas cinzas úmidas para sinalizar uma cruz na fronte de cada fiel, proferindo a frase “Lembra-te que és pó e que ao pó voltarás” ou a frase “Convertei-vos e crede no Evangelho”.

 

De acordo com o arcebispo metropolitano de Feira de Santana, Dom Zanoni Demettino Castro, que comandou as celebrações, o número quarenta é frequente, para representar períodos de 40 dias ou quarenta anos, que antecedem ou marcaram fatos importantes. “Com a celebração e a imposição das cinzas nos iniciamos uma grande caminhada, uma peregrinação quaresmal, quarenta dias para lembra os 40 dias que Jesus passou pelo deserto e ali foi tentado e os 40 anos de peregrinação do povo de Israel rumo à terra prometida. Então esse tempo serve para tomar consciência da nossa pertencia a igreja, ao corpo de cristo, reconhecer as nossas fragilidade, os nossos limites, ter consciência dos nossos pecados, sobretudo é a oportunidade de reintegração”.

 

Dom Zanoni ressalta que durante a quaresma a generosidade é mais importante que o jejum, “contudo é fundamental buscar reconciliação com nos mesmo, analisar nossas fragilidades, fraquezas, a ira, a vingança, a buscar de coisas que não nos fortalecem, não nos libertas como pessoas. A dimensão da esmola não é só dar aquilo que esta sobrando, mas nos empenhar para as pessoas tenha o necessário para viver”, enfatizou.



CAMPANHA DA FRATERNIDADE

 

A noite aconteceu o lançamento oficial da Campanha da Fraternidade 2018, que tem como tema “Fraternidade e Superação da Violência” e o lema “Vós sois todos irmãos", que foi tirado do Evangelho de São Mateus.

 

Dom Zanoni mencionou que a campanha da Fraternidade (CF) 2018, discute temas que a sociedade já vem debatendo. “O desejo de uma nova sociedade, já esta presente no nosso cotidiano, como fez tão bonito as escolas de samba do Rio de Janeiro, que apresentaram nos desfiles, manifestações contra a escravidão, o racismo, o etnocentrismo, a violência, os demando, a corrupção. Esse sonho nós acreditamos que se realiza em Jesus”, explicou.

 

O líder religioso reforça que diante ao cenário político que o Brasil vive, o principal papel da igreja é conscientizar os fies. “A política é todo um esforço de construção da paz, a igreja como uma instituição, não se veste com uma camisa partidária, mais se empenha para que os valores do evangelho, que é da justiça da fraternidade, da partilha e não o acumulo de riqueza, concentração de bens ou da terra, mas o serviço transgressor seja conhecido pelos cristãos, então a igreja deve se empenhar para que as pessoas possam construir um Brasil de fato democrático, respeitador das leis, e defensor principalmente dos pequenos e pobres”, declarou o arcebispo.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Confira o quadro Intimidades com a cantora Tays reis
Publicidade
Bruno Best Travel
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas