Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,221
Euro:   R$ 3,999
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Artigos

todas as notíciasseta


Foliões de Feira merecem Micareta sem cordas

No ano passado Feira não recebeu, excetuando os investimentos na área de segurança pública, um centavo sequer para contratação de artistas


14/02/2018 às 10:11h

Foliões de Feira merecem Micareta sem cordas
Crédito: Gleidson Santos/FE

O Governo do Estado da Bahia deve aumentar os investimentos para a Micareta de Feira de Santana agora em 2018, a expectativa é o sucesso que teve o carnaval sem cordas de Salvador, patrocinado pelo governo e que foi lastreado em um investimento segundo informações do site oficial, em 70 milhões de reais. O evento em Salvador esteve no seu segundo ano, no final de 2016, o governado Rui Costa, já tinha anunciado que não seria coadjuvante no carnaval de 2017 em Salvador.


O argumento do governador era possivelmente, porque ACM Neto já se apresentava como candidato opositor ao governo. Na época, Rui Costa disse em entrevistas que o estado sempre despejou um grande volume de recurso sem ter o reconhecimento público que merecia. Naquele ano de 2017, o Governo do Estado anunciou 42 milhões em investimentos, parte deles da iniciativa privada, e em mais 31 municípios, esse ano foram mais 22.


Se o investimento do governo Estadual foi importante e com isso ensejou a repetição esse ano com um investimento mais robusto, maior quase 75%, pulando de 42 para 70 milhões de reais, é de se esperar que Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, com 620 mil habitantes, portanto 1/5 da população da capital, tendo a maior micareta do Brasil deva receber volume de recursos proporcionais, deduzindo-se como desconto a importância turística de Salvador e os poucos investimentos aplicados em outras cidades.


No ano passado Feira não recebeu, excetuando os investimentos na área de segurança pública, um centavo sequer para contratação de artistas, nesse quesito o governo não investiu nada. Se o componente político pesou para a decisão do carnaval sem cordas porque o prefeito de Salvador é oposição ao Governo do Estado é bom lembrar que o prefeito de Feira de Santana também é. Por justiça o Governo do Estado deve ter aqui em Feira de Santana, sua micareta sem cordas, e o governador, Rui Costa visitar o circuito da festa pelo menos uma vez. 

FONTE: Por Humberto Cedraz
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Bronzeamento de fita é nova tendência em Feira
Publicidade
Bruno Best Travel
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas