Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,201
Euro:   R$ 3,917
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Carnaval

todas as notíciasseta


Blocos LGBTs ‘assumem’ Carnaval na Barra-Ondina

Daniela irá puxar o bloco Crocodilo no domingo e na segunda-feira


05/01/2018 às 02:46h

Blocos LGBTs ‘assumem’ Carnaval na Barra-Ondina
Célia Santos | Divulgação

Se uns reclamam da dificuldade de vender abadás para este Carnaval (que promete ser dos sem cordas), os voltados ao público LGBT comemoram. Não à toa, a central San Folia, a primeira a comercializar blocos assumidamente gays, é só alegria. Afinal, a empresa já conseguiu vender 75% das 12 mil camisas das quatro agremiações (Blow Out e Largadinho, com Claudia Leitte; O Vale, com Alinne Rosa; e Crocodilo , dois dias com Daniela Mercury).

 

Os abadás custam entre R$ 250 e R$ 500. E a tendência é que acabem antes do início da folia. Para isso, a empresa conseguiu atrair pessoas de fora de Salvador, como afirmou José Augusto Vasconcelos (um dos sócios do Grupo San Sebastian, dono da central). O número já chega a 80% de turistas. "Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Brasília são líderes na ordem de venda", afirma o empresário.

 

Ainda deve crescer

 

A expectativa do Grupo San Sebastian é que o mercado cresça mais nos próximos anos. "Apesar do Carnaval ser uma festa cheia de história, para nosso público tem um quê de novidade, que não vai enfraquecer tão cedo, pelo que temos sentido. Ainda vai crescer, sim!", afirmou o empresário. Exemplo disso é a criação da San Folia, que existe para atender a demanda deste público. A central vende outros eventos, como Coruja Splash, festa organizada com o bloco de Ivete Sangalo.

 

Perfil dos foliões

 

A maior parte dos foliões pagantes dos blocos comercializados pela San Folia é jovem e homem, segundo o empresário José Augusto Vasconcelos. Algumas mulheres (só com lupa é possível encontrá-las) marcam presença. Outro dado importante (extraoficial, mas visível) é que boa parte do público é branco. Com relação à classe social, é o quadro mais diversificado, por conta dos valores dos abadás, apesar das festas promovidas pelo grupo atraírem mais homens de classe média e alta.

 

Livre para curtir e amar em público

 

A crescente nos blocos gays é justificada pela liberdade em curtir a folia sem as amarras sociais e do conservadorismo. Afinal de contas, homossexuais sempre existiram na festa, mas restritos a guetos, como o famoso Beco da Off (Barra). Agora, este “beco” ganhou toda a extensão da Barra-Ondina, onde desfilam os quatro blocos. "Nosso público, há até poucos anos, não tinha a liberdade que tem hoje. Atualmente, esse folião pode curtir como todos sempre curtiram... podendo amar sem ter que se esconder em guetos, sem ter que fingir ou se sentir envergonhado", afirma José Augusto, dono da boate San Sebastian e do Amsterdam Club junto com André Gagliano.

 

Mametto dança e canta para Oyá

 

Batizado de ‘Matamba’, a nova canção de Ana Mametto, em parceria com Yacoce Simões, faz homenagem à orixá Oyá (Iansã) e teve clipe gravado no Museu Nacional da Cultura Afro Brasileira e na reserva de Mata Atlântica de Patamares. “O pulso vibrante da canção constrói uma dualidade entre o sagrado e o profano”, diz Mametto.

 

MicroTrio faz campanha na net

 

O projeto de Ivan Huol realiza uma campanha de financiamento coletivo para viabilizar a saída do MicroTrio na Lavagem do Bonfim, dia 11. Quem quiser contribuir, com valor a partir de R$ 15, pode acessar o endereço www.benfeitoria.com/microtrio. A meta é arrecadar R$ 7.700,00. Caso não ocorra, o dinheiro será devolvido ao participante.

 

Irmãos Macêdo tocam no Farol

 

O som da guitarra elétrica dos Irmãos Macêdo será um dos diferenciais do pôr do sol do Espaço Cultural do Farol da Barra nos próximos dias 14 e 21. O show será às 17h. O projeto Farol Elétrico faz parte dos festejos pelo 45º ano da banda Armandinho, Dodô & Osmar.

 

Ouro negro ganha destaque em portal

 

Para comemorar os 10 anos do projeto Ouro Negro, o portal Soteropreta lançará neste mês o Circuito Negro. O programa, quem tem apoio do governo estadual, contará as histórias de algumas entidades negras na folia de Momo de Salvador.

 

Rainha do Carnaval será eleita no dia 3/2

 

Depois de quase não ocorrer por falta de patrocínio, o concurso que elegerá a Rainha do Carnaval já tem data marcada. Será no dia 3/2. Para participar, as candidatas precisam correr. A inscrição começa no próximo dia 8 e se encerra dia 18, na Loja Seventeen, no Pituba Parque Center (Itaigara). A taxa é de R$ 250. A eliminatória será realizada dois dias depois. A ganhadora irá receber R$ 5 mil e mais uma viagem para a Europa.

 

Enxaguada de Yemanjá

 

Dois de fevereiro é dia de referenciar a Rainha do Mar, mas também de festa profana. Uma delas é a Enxaguada de Yemanjá, promovida por Carlinhos Brown. Neste dia, ele receberá como convidado o sambista Diogo Nogueira. Também marcarão presença na Vila Caramuru (antigo Mercado do Peixe), no Rio Vermelho, onde o evento será realizado, Margareth Menezes, Timbalada e os Filhos de Gandhy.

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Confira entrevista com a cantora Vina Calmon
Publicidade
Bruno Best Travel
Bruno Best Travel
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas