Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,201
Euro:   R$ 3,917
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Lutas e Artes marciais

todas as notíciasseta


Edson Barboza elege os cinco nocautes mais impactantes do MMA

Peso-leve, que não pôde elencar seus feitos no octógono, colocou três veteranos nas primeiras posições e dois companheiros de academia no fechamento da lista


28/12/2017 às 02:49h

Edson Barboza elege os cinco nocautes mais impactantes do MMA
Reprodução

O chute giratório de Edson Barboza em Terry Etim, no UFC Rio 2, em 2012, entrou para a história como um dos mais bonitos do MMA. E o brasileiro, que enfrenta Khabib Nurmagomedov, sábado, no UFC 219, em Las Vegas, foi desafiado pelo Combate.com a escolher os nocautes mais marcantes que ele já viu no esporte.

 

A lista de nocautes poderia incluir eventos extintos como o Pride, o WEC e o Strikeforce, entretanto engana-se quem pensa que Anderson Silva, Mauricio Shogun, Wanderlei Silva ou Rodrigo Minotauro lideram o Top 5. O bem menos badalado Gabriel Napão, peso-pesado que atuou 22 vezes no Ultimate, é quem fez Edson Barboza se empolgar ao atropelar Mirko Cro Cop, no UFC 70, em 2007.

 

Confira a relação completa:

 

Gabriel Napão x Mirko Cro Cop (UFC 70, abril de 2007)

 

- O primeiro que vem na minha cabeça, quando se fala em nocaute sinistro, foi o do Napão no Cro Cop. Ninguém esperava, eu estava em (Nova) Friburgo, assistindo com meu cunhado e meus amigos... gritamos, ficamos muito felizes. Foi uma surpresa.

 

Anderson Silva x Tony Fryklund (Cage Rage 16, abril de 2006)

 

- Um nocaute que acho lindo foi o do Anderson, não sei se no Cage Rage... uma cotovelada de baixo para cima. É coisa de gênio, não lembro mais de ter visto nocautes daquele jeito. É impressionante, foi inacreditável o que ele fez.

 

Lyoto Machida x Randy Couture (UFC 129, abril de 2011)

 

- O do Lyoto no Randy Couture foi bem legal, de quem sabe o que está fazendo. É um pulinho no lugar certo, uma troca de pernas no ar, acertando a ponta do queixo. Eu lembro muito bem do movimento.

 

Marlon Moraes x Aljamain Sterling (UFC Fresno, dezembro de 2017)

 

- Está fresco na cabeça o nocaute do meu amigo e parceiro de treinos, Marlon Moraes, umas semanas atrás. O cara caiu praticamente morto, mas graças a Deus está bem. Está fresco na minha mente esse movimento do Marlon. Foi sinistro!

 

Eddie Alvarez x Justin Gaethje (UFC 218, dezembro de 2017)

 

- O nocaute do Eddie no Justin Gaethje... era uma luta bastante esperada, o Eddie é meu parceiro de treinos, o Gaethje estava invicto e acabou sendo derrotado. Fiquei muito feliz com essa joelhada.

 

FONTE: Combate
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Confira entrevista com a cantora Vina Calmon
Publicidade
Bruno Best Travel
Bruno Best Travel
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas