Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,261
Euro:   R$ 3,838
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Geral

todas as notíciasseta


Vagas temporárias no comercio de Feira devem crescer 30%

Cerca de duas mil vagas temporárias devem ser geradas em Feira de Santana


14/11/2017 às 09:43h

Vagas temporárias no comercio de Feira devem crescer 30%
Crédito: Reprodução

Com as festas de final de ano, o comércio de Feira de Santana terá um aumento de 30% nos empregos temporários para 2017, uma média de 2.000 mil vagas. A contração será destinada aos setores de comércio e serviços, essa estimativa parte da direção do departamento de Apoio ao Trabalhador, órgão responsável por inserir pessoas no mercado.

 

A reportagem do Jornal Folha do Estado conversou com o diretor do departamento, Arlindo Amaral Marques, a fim de publicar em números a quantidade de vagas disponíveis para empregos temporários. O gestor optou por não divulgar essa totalidade devido à oscilação de contrato que o mercado está enfrentando, embora em percentual haja um aumento de 30% em relação aos dois últimos anos. A expectativa é que aproximadamente 2.000 mil vagas sejam oferecidas, uma média relacionada ao ano de 2014.

 

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, no primeiro semestre foi registrado um saldo negativo de 989 nas vagas de emprego, embora, em setembro houve um aumento relevante com mais de 200 contratações, em Feira. Os segmentos com disponibilidade para contrato são: lojas de departamento, lojas de calçados, bares, restaurantes, salões, hotéis e supermercados. Em média, 25% dos funcionários temporários podem ser efetivados de forma definitiva.

 

A expectativa é de que essa melhora tenha estabilidade até dezembro de 2017. De acordo com Arlindo, o cenário do pais passará por algumas transformações mediante as eleições em 2018. "A posse no novo governo trará impactos para a nação brasileira, precisamos esperar passar esse período e após essa fase teremos uma definição para a retomada da economia", ressaltou.

 

A Casa do Trabalhador, situada na Rua Castro Alves, faz parte do Sistema Nacional de Empregos, assim como o Site Nacional de Empregos (SINE-Bahia). As vagas são destinadas a profissionais diversos, com formações de nível fundamental, médio e superior, em setores variados. Há também, vagas exclusivas para pessoas com necessidades especiais. As empresas procuram por pessoas com o seguinte perfil: ter o ensino médio completo, noções em informática básica e boa comunicação, não precisa ter experiências. Para fazer o cadastro é necessário levar apenas RG, CPF e comprovante de residência.

 

Os candidatos consideram essas vagas como uma possibilidade de inserção no mercado, mesmo que seja um trabalho por alguns meses. Para Maria Antônia, desempregada há 1 ano, procura oportunidade através da Casa do Trabalhador. "Estou sem trabalhar a algum tempo, busco uma oportunidade para serviços gerais, copeira ou cuidadora de crianças. Aqui a expectativa para conseguir um emprego é maior e os funcionários nos instruem melhor", conta.  

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Confira programa com entrevista artistas e personalidades por Lusitania Mel.
Publicidade
Mamãe 6 estrelas
Bruno Best Travel
PMFS RUA VIVA
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas