Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,261
Euro:   R$ 3,838
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Geral

todas as notíciasseta


Projeto resgata infância pura e sadia em Feira

Projeto acredita nos antigos valores e busca manter vivas as tradições de antigas brincadeiras


12/11/2017 às 06:02h

Projeto resgata infância pura e sadia em Feira
Divulgação/Projeto Quintal

Em um tempo onde a tecnologia domina praticamente toda a vida humana, não sobra muito tempo, muito menos espaço para que aconteçam grandes socializações entre as pessoas, que cada vez mais se trancam em seus mundos virtuais cercadas de computadores, tablets, telefones celulares deixando de lado valores que aprendem ainda quando crianças e os levam para uma vida inteira. Porém, na contramão disso tudo existe ainda quem acredite nos antigos valores e os busque repassar para seus filhos, a ponto de se criar um projeto para manter vivas as tradições de antigas brincadeiras, que além de divertir, aguçavam a criatividade, a imaginação e outros aspectos que tornam a vida mais saudável.

 

Tudo isso está incluso no espaço criativo Quintal Infância, fruto de um projeto criado há nove anos em Feira de Santana, mas que passa por dificuldades e precisa de apoio para sobreviver e cumprir seus objetivos.

 

Na atualidade as crianças ainda com idade tenra se entreguem a jogos virtuais e se sentem pouco a vontade para se socializar com outras crianças, uma situação muito diferente vivida há anos atrás, onde brincadeiras como pular corda, subir em árvore e brincar de pega-pega, esconde-esconde dentre outras estavam em evidência. Crianças brincavam pelas ruas, pelas praças, conheciam os vizinhos, uma realidade completamente diferente da atual. Diante deste quadro em 2008, foi criado o projeto Quintal através das professoras Maria Helena e Lara Queiroz.

 

A ideia é ter um espaço para receber crianças a partir de dois anos e oferecer a elas atividades escolares, culturais e recreativas, onde elas aprendem de acordo com a curiosidade delas, mantendo o contato com a natureza, as artes e a cultura. Até o ano passado, o projeto funcionava em uma casa alugada no bairro SIM, mantida com contribuições de pais, funcionários voluntários e verbas de projetos, porém mediante a falta de apoio o espaço parou de funcionar causando inquietação dos pais, que buscam criar seus filhos de uma forma diferente em relação a atualidade.

 

LUTA

 

Uma das entusiastas do projeto é Janaina Casilo, mãe de duas crianças de 11 e 6 anos, que não só abraçou a causa, como compõe a linha de frente junto Lara e Maria Helena. “Conheci o projeto há um ano e me apaixonei porque fui criada participando destas brincadeiras, tinha muitas amizades, era feliz e sempre busco passar isso para meus filhos, que muitas vezes relutam um pouco, mas acabam participando de brincadeiras comuns”, conta. “Recentemente, a minha filha de 11 anos me questionou porque ela não tinha um telefone celular, já que as outras coleguinhas da idade dela tinham. Eu conversei com ela que ainda não tinha idade e que precisava pensar em outras coisas”, lembra.

 

Para Janaína, o projeto poderia ser expandido para um número maior de crianças. “Dentro das condições de então eram atendidas 50 crianças, mas a ideia é levar o projeto para as praças públicas, promover a integração entre as crianças e criar uma perspectiva de um mundo melhor. Não se gasta muito com isso e que precisamos hoje é de um espaço amplo para fazer acontecer o projeto, em que seja novamente um espaço alugado, nós estamos lutando”, observa.

 

O Projeto Quintal já foi tema inclusive de reportagem nacional veiculada no programa “Como Será?” da Rede Globo de Televisão, porém os dirigentes da instituição ainda buscam o reconhecimento da sociedade. “Já enviamos o projeto para a prefeitura e a gente espera que os governantes venham a comprar esta ideia que pode trazer outros benefícios para as crianças como uma atividade física mais intensa, já que muitas brincadeiras ao ar livre exigem esforço físico o que é muito bom, pois muitas crianças se tornam sedentárias por ficarem muito tempo presas com jogos virtuais”, afirma Janaina.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Confira programa com entrevista artistas e personalidades por Lusitania Mel.
Publicidade
Mamãe 6 estrelas
Bruno Best Travel
PMFS RUA VIVA
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas