Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,678
Euro:   R$ 4,342
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Expofeira

todas as notíciasseta


Cerca de 950 animais estão no Parque de Exposição

O coordenador da ADAB orienta aos pais que irão visitar o parque e levar os seus filhos que tenha cuidado


07/09/2017 às 02:19h

Cerca de 950 animais estão no Parque de Exposição
Crédito: Edeílson Souza/FE

Desde o último domingo, o Parque de Exposição João Martins da Silva recebe animais das mais variadas espécies, que chegaram de diferentes cidades da Bahia, Cruz das Almas, Santo Antonio de Jesus, Lajedinho, Barreiras, e também de outros estados como Sergipe e Espírito Santo. Os 950 animais, entre bovinos das raças nelores, Gir Leiteiro e Girolando, equídeos da raça, mangalarga paulista e mangalarga machador, caprinos e ovinos já estão instalados nas baias do Parque de Exposição.


O coordenador Regional da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), Aurino Soares, explicou que todo serviço no Parque de Exposição teve o acompanhamento dos técnicos da ADAB. “Trabalhadores limparam os galpões e baias e em seguida aplicaram produtos à base de iodo com pulverizadores para fazer a desinfecção das instalações, para evitar possíveis focos de doenças que estejam contidas nas instalações do parque”, diz Soares.


Ele ainda acrescentou: “a entrada dos animais no parque, seja para exposição ou para participação nos leilões, só pode ser feita com a presença da ADAB, que tem feito um grande esforço para recepcionar os animais. O primeiro passo é a realização de um exame clínico em todos os animais, verificamos se ele tem algum parasitam algum carrapato, algum problema externo, e, além disso, se o animal chegou com a documentação sanitária correta, e o Guia de Transporte Animal (GTA), que é a guia de transanimal, onde vamos identificar as vacinações e outros exames.


Segundo Aurino, “quando a ADAB encontra algum tipo de irregularidade, como aconteceu este ano, uma pequena irregularidade, que foi falta de documentação e falta de exames, esses animais são proibidos de entrar no parque, eles são retornados para o local de origem, pois nós não sabemos qual a condição sanitária desse animal e como a Expofeira é um evento de grande concentração de animais e também de disseminação, por isso é importante evitar a entrada de algum animal que esteja fora dos padrões”, explica Soares.


O coordenador da ADAB orienta aos pais que irão visitar o parque e levar os seus filhos que tenha cuidado. “Embora sejam animais dóceis, que estão no cabresto, é importante que não toque nos animais, que não encostem. Pois, alguns animais não estão acostumados com o ambiente. O lugar habitual dos animais é silêncio do campo. E quando eles são tirados do campo para uma concentração de animais e aglomeração de pessoas normalmente eles ficam um pouco agitados, é importante ter cuidado”, adverte Aurino.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Bazar Solidário direcionado às famílias carentes de Feira de Santana- TvGeral.com.br
Publicidade
Bruno Best Travel
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas