Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,175
Euro:   R$ 3,459
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Olimpíadas

todas as notíciasseta


Bolsa Atleta lança edital de olho em Tóquio 2020

Dos 289 atletas convocados para competir a Paralimpíada do Rio, 262, o equivalente a 90,6%, tem o patrocínio do programa


18/09/2016 às 07:45h

Bolsa Atleta lança edital de olho em Tóquio 2020
Crédito: Divulgação

O coordenador-geral do Programa Bolsa Atleta do Ministério do Esporte, Mosiah Rodrigues informou neste domingo (18) que o novo edital será publicado em outubro, visando à preparação dos atletas para os Jogos Olimpícos e Paralimpícos de 2020.


Dos 289 atletas convocados para competir a Paralimpíada do Rio, 262, o equivalente a 90,6%, tem o patrocínio do programa. “Não é todo mundo na mesma categoria, mas todos, de alguma forma, são apoiados”, disse o coordenador-geral durante palestra sobre o Bolsa Atleta, na Casa Brasil, zona portuária da cidade.


O programa concede bolsas que variam entre R$ 370 a R$ 15 mil, englobando desde competidores de jogos escolares a atletas de alto rendimento. “Acho que esse leque está bem distribuído”, ressaltou Mosiah Rodrigues. Segundo ele, a partir de agora, o objetivo é alinhar o programa para ficar cada vez mais próximo dos atletas.


“Para que aqueles atletas que não conheçam ainda e não saibam como acessar o programa tenham condição de fazer isso. Acho que é a gente conseguir, na realidade, chegar mais próximo do nosso público, que é o atleta”.


O Bolsa Atleta deposita o recurso direto para o atleta. “O diferencial do programa é esse. Ele atende a todas as modalidades olímpicas e paralímpicas, mas a grande diferença é que ele não vai para o gestor da modalidade; ele vai para o atleta. O programa foi criado em 2004 com esse propósito de beneficiar atletas de alto rendimento”, ressaltou.


Mosiah Rodrigues disse que o balanço dos Jogos Paralímpicos é muito positivo. "O importante é que o atleta tenha condição de se preparar para chegar nesse momento da melhor forma possível. Nosso papel é dar suporte para a preparação dele”.


O Brasil está no 8º lugar no quadro geral com 72 medalhas, sendo 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze. 

FONTE: Com informações da Agência Brasil
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Trabalhadores em passeata na manhã desta sexta (28), no Centro Comercial de Feira
Publicidade
Mamãe 6 estrelas
Instituto
Bruno Best Travel
PMFS Gospel
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas